Ai os sintomas, será que é gravidez?!

Para quem está tentando engravidar, com certeza já se encheu de esperanças porque sentiu isso ou aquilo achando que era sinal de gravidez e logo em seguida teve uma decepção, a menstruação desceu. Muitas e muitas vezes passei por isso, é uma grande frustração, não é?! Pois é, com a experiência a gente aprende que a pior coisa é ficar se apegando a sintomas.


Nessa fase, nós mulheres, ficamos completamente atentas a tudo que sentimos, para tentar identificar período fértil e, claro, algum sintoma que nos indique que conseguimos. E nessas horas, acreditem, nossa cabeça ‘age contra’, como eu gosto de falar, pois toda essa atenção, faz a gente perceber muitas coisas que até aconteciam antes, mas só nessa fase percebemos e já achamos que é sintoma de gravidez. Além da grande ansiedade, que pode causar sintomas psicológicos.

Trombofilia: perdas gestacionais, muitas vezes inexplicáveis, e gravidez de risco

A algum tempo estou pesquisando sobre a trombofilia, pois pelo que tenho visto é um problema que tem sido cada vez mais comum, mas muitas mulheres só descobre depois de várias perdas gestacionais.

A trombose é a formação de coágulos no sangue, aumentando o risco de obstrução dos vasos sangüíneos. Já a trombofilia é a tendência de desenvolver a trombose devido a um problema na coagulação sangüínea, que pode ser genético ou adquirido.

A trombofilia pode dificultar a gravidez se a trombose acontecer no local de implantação do embrião no útero, podendo atrapalhar a fixação do embrião, levando a não ocorrência de gravidez, o que pode acontecer também após a transferência de embriões de boa qualidade em tratamentos de reprodução assistida. Pode ocorrer ainda uma implantação comprometida, que pode resultar em abortamento precoce.

O Dia das Mães e as diversas fases da mulher da Fertilidade à Maternidade!

Essa época de Dia das Mães com certeza mexe com a emoção da grande maioria das mulheres. Queria falar um pouco sobre isso, desde aquela que deseja muito ter um filho, as grávidas, as mães que já realizaram seu sonho, as mães de anjo e as mães que passam por um problema de depressão pós-parto, passei por cada uma dessas etapas em Dia das Mães e sei como a gente se sente, sempre vejo lindas homenagens, mas acho que elas não abrangem a todas mães, sim, pois todas essas mulheres são mães, mesmo não tendo ou não podendo estar com seus filhos.

Quem está desejando engravidar fica com as emoções à flor da pele, muitas vezes se sente triste por ainda não ter seu filho para comemorar essa data, senti isso muitas vezes. A gente se sente pressionada e frustrada, pois o tempo está passando e mais uma vez o Dia das Mães chega não se realizou o tão esperado sonho de estar com seu bebê. O que posso falar a quem está passando por isso, é não baixe a cabeça, não se sinta menor, você é mãe sim, na mente e no coração, continue buscando, pois você vai conseguir e quando conseguir vai olhar para trás e ter certeza disso que estou falando, que realmente vc já era mãe. Você treinante merece homenagens sim, pois luta, sofre e não desiste e tenha certeza que no quando chegar seu bebê, será recompensador e toda a luta valerá a pena, acredite!

Gravidez: Como fica a pele durante a gestação!

Uma preocupação bem comum durante a gravidez é com a pele, então achei bem interessante essa matéria para compartilhar com vocês:



"A pele da grávida é mais suscetível a algumas alterações. As mudanças hormonais, vasculares e imunológicas que surgem na mulher durante a gravidez, acabam provocando algumas mudanças muito visíveis em sua pele. Não são todas as mulheres que apresentam alterações na pele, mas a maioria, num determinado momento, pode apresentar irritação, eczemas, alergias, pele ressecada e manchas em alguma parte do corpo.

Durante a gravidez, a pele da mulher é mais suscetível às irritações pelo uso de produtos como os cosméticos, desodorantes e perfumes. Por essa razão, é recomendável utilizar sabões neutros ou emulsões de limpeza, assim como o uso de hidratantes que contenham perfumes ou antissépticos que possam irritar a pele. Por outro lado, existe uma maior predisposição da mulher grávida que desenvolva alguma alergia a bijuterias, ou a algum alimento. Neste caso, seria bom observar que tipo de alimento ou de objeto estão causando irritações em sua pele.

HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger