Sobre o Blog

Da Fertilidade à Maternidade: Muitas histórias em uma, na busca de ser mãe!



Meu nome é Alessandra, mulher, esposa, profissional, mãe e blogueira nas horas vagas. Sempre fui uma mulher de planejar e organizar meus sonhos e objetivos, e apesar de meu marido querer ter filhos logo, eu já não tinha a mesma pressa, queria me firmar na carreira, ter uma boa estabilidade financeira, um apartamento melhor. E assim, acho que como a maioria das mulheres de hoje em dia, achava que o sonho de ser mãe podia esperar mais um pouco, até porque, na minha cabeça, seria fácil realizá-lo.

Em 2005 finalmente decidimos ter nosso 1o filho, mas infelizmente as coisas não aconteceram como eu planejei, os meses foram passando e não engravidava, foi quando comecei a desconfiar que poderia ter algo errado. Minha médica sempre dizendo que era só esperar, mas eu não queria esperar, não sabia ser assim passiva e simplesmente aguardar por algo que não acontecia e eu não sabia porque. Troquei de médica e descobri que nem ovulando estava, que tinha perdido alguns meses de tentativas inutilmente, bom foi então que tomei uma decisão, iria pesquisar sobre o assunto, entender como meu organismo e a concepção funcionavam, porque a demora para conseguir, o que poderia estar dificultando, enfim, porque não estava conseguindo ser mãe. Depois de muitos exames e tratamentos, descobri que tinha endometriose, mais alguns tratamentos e finalmente, dois anos e alguns meses depois, consegui meu tão sonhado positivo. Tive uma gestação tranqüila e muito desejada, mas tive um parto bastante complicado e logo em seguida uma depressão pós-parto, coisa que nunca esperei que aconteceria comigo, e foram alguns anos de tratamento para vencê-la.

Quando achei que já havia passado por quase tudo em relação à maternidade, fiquei grávida novamente, dessa vez foi logo na 1a tentiva, era um menino, meu Mateo, mas infelizmente mais uma vez as coisas não aconteceram como eu planejei e perdi meu bebê aos 6 meses de gravidez. É uma experiência que não há como descrever e que me fez mudar muito o modo de ver a vida, a maternidade por si só já muda você, mas a perda de um filho virá você do avesso, é indescritível. Agora estou me reestabelecendo, finalmente percebi que nem tudo é possível planejar e nem acontecer como e quando se quer, mas ainda quero outro filho e vou continuar minha luta.

Com certeza, uma das coisas que me ajudou em cada uma destas fases que passei, foi aprender e entender o que acontecia, o porquê acontecia. E no meio de tudo isso pensei, por que não dividir tudo isso que aprendo com outras mulheres, que também buscam o sonho da maternidade?! Por que não ensinar de forma leiga, o que geralmente não se consegue nos consultórios médicos, sobre ovulação, exames, hormônios, gestação, endometriose, tratamentos…? Aí surgiu a ideia de montar o blog, o Da Fertilidade à Maternidade, não para ser mais um blog sobre bebês, mas sim para falar de fertilidade, gravidez, maternidade, trocar experiências e falar de uma forma clara, que qualquer pessoa consiga entender e assim tentar ajudar de alguma forma outras mulheres e casais a, talvez, não ter que passar por tudo que já passei.

E assim, já são mais de 8 anos que pesquiso e escrevo sobre os assuntos que vão da fertilidade à maternidade!

Alê Nunes

Se quiser conhecer com mais detalhes cada uma dessas etapas que passei, passa na nossa seção Minha História e confere, ;)




Já curtiu nossa página no Facebook?! Passa lá é 
http://www.facebook.com/DaFertilidadeAMaternidade 
Comentários pelo Facebook
7 Comentários pelo Blogger

7 comentários:

  1. Gostei muito do seu blog. Tenho 40 anos e 2 filhos. Parei com AC dia 24-10 e estou tentando engravidar, estou casada a 4 anos e meu

    ResponderExcluir
  2. Ola tenho policisto nos ovarios doir.muito sera que posso torma anteconcepcional com a saude da mulher qero algo pra eliminar tudo limpa mi ajunde??

    ResponderExcluir
  3. Olá meu nome é Catarina,adoro seu blog e suas respostas com muita atenção com as pessoas. Gostaria de saber pq faz 8 meses que to tentando engravidar é namoro sempre no período fértil. Meus ciclos são de 34 em junho. 24 julho. 24 agosto. 28 Agosto. 28 setembro. 29 outubro. 33 Novembro.28 Dezembro. 29 janeiro 2016. Desde que parei a pílula minha mestruaçao vem só borra café. Será que é os hormônios desregulados? Já fiz da tireóide deu normal.será que é os LH,LSH,Progesterona, estrogênio e prolactina? Será que não estou ovulando? Obrigada agradeço sua resposta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catarina, que bom que gosta do blog :)
      Quanto as suas dúvidas, é preciso fazer todos os exames hormonais, não só o de tireóide para avaliar, teu ciclo está começando a regular, pelo que vc colocou, então talvez seja só dar um tempo pra dar tudo certo, mas é importante investigar. Aqui neste post tem umas dicas e mais detalhes sobre os exames que podem te ajudar Estou tentando engravidar, mas até agora nada, não sei o motivo! http://www.dafertilidadeamaternidade.com.br/2011/07/estou-tentando-engravidar-mas-ate-agora.html
      bj,
      Alê

      Excluir
  4. Adorei o seu bloco Ale e fiquei comovida com sua história! ! Obrigada por compartilhar sua história e nos ensinar sobre dúvidas comuns de uma forma simples. Obrigada
    Cintia Morais

    ResponderExcluir

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger