Como criar bons hábitos para dormir: 9 a 12 meses


Nesta idade, os bebês costumam dormir entre 10 e 12 horas por noite, e tiram duas sonecas de uma hora e meia a duas horas cada. É importante que seu filho esteja dormindo bem, já que o sono é essencial para o desenvolvimento (muitos hormônios, incluindo o do crescimento, são liberados enquanto se dorme). Tente manter uma rotina regular para a hora das sonecas também. Muitas vezes, quando a criança não dorme de dia, o sono da noite acaba prejudicado -- ela pode demorar mais a adormecer ou ter um sono mais entrecortado.

Como ajudar seu filho a dormir

Continue a aplicar as técnicas que você e o bebê já aprenderam, incluindo:

Siga um ritual para a hora de dormir.
A rotina pode incluir um banho, uma brincadeira mais tranquila, a leitura de uma história ou uma canção de ninar, mas o importante é que você mantenha a mesma ordem e horário diariamente. Seu filho vai gostar da repetição da rotina, que, além de tudo, sinalizará para ele que a hora de dormir está chegando.

Mantenha uma rotina no dia-a-dia que inclua horários de soneca e hora certa para dormir à noite.
A hora de dormir vai ficar mais fácil se todo o resto do dia tiver seguido uma programação já conhecida. Quando tira sonecas, almoça, brinca e se prepara para dormir todos os dias no mesmo horário, a criança sabe o que esperar e tem maiores chances de adormecer fácil à noite.

Deixe seu filho adormecer sozinho.
Se você deseja que o bebê durma a noite inteira sem chamar ninguém, ele precisa aprender a adormecer por conta própria. Coloque-o no berço antes que esteja dormindo de fato, e tente não deixar que dependa de colo ou de uma mamada para dormir. Confira outros métodos para lidar com problemas na hora de dormir um pouco mais abaixo.


Possíveis dificuldades 

A partir de 5 ou 6 meses, os bebês começam a atingir importantes marcos de desenvolvimento, como sentarvirar de um lado para o outroengatinhar e até ficar de pé. Agora a criança está aperfeiçoando essas habilidades, o que significa que talvez fique agitada demais para dormir e possa acordar no meio da noite só para praticar. Caso não consiga se acalmar sozinha, é possível que chore para pedir ajuda. A maioria dos especialistas concorda que não há problema em ir até o quarto para dar uma olhadinha, mas, a partir daí, as opiniões sobre o que fazer variam bastante.

Observação: Esta fase de desenvolvimento não equivale a um estirão de crescimento, por isso mamadas no meio da noite não ajudarão a melhorar o sono; elas, pelo contrário, podem prolongar e até agravar o problema. Por mais que pareça que ele está com fome, comer no meio da noite é mais um hábito que uma necessidade. A questão é saber quando você e o bebê estão prontos para eliminar a mamada da madrugada. Peça mais orientações para o pediatra.

Seu filho pode também estar acordando no meio da noite devido à ansiedade de separação que passou a ter -- ele sente sua ausência e teme que você não voltará mais. Provavelmente, ele vai se acalmar ao vê-la entrando no quarto. Caso isso não ocorra, confira abaixo algumas recomendações de especialistas.

Algumas estratégias para lidar com problemas de dormir 


Qual a melhor forma de responder aos chamados de seu filho uma vez que você já tenha dito boa-noite? O assunto é polêmico. Há duas correntes principais. Uma defende que se deixe o bebê chorar, até que ele entenda que dormir é uma coisa boa e que ele é capaz de adormecer sozinho. Para isso, especialistas propõem que os pais ponham a criança na cama, tranquilizem-na de que está tudo bem e saiam do quarto, voltando em intervalos periódicos para acalmá-la, mas sem tirá-la do berço nem dar de mamar.
Outra corrente afirma que o choro é um sinal de que o bebê está com medo, e que ele não deve ser abandonado. Por isso, os pais devem se manter por perto para que a criança adormeça se sentindo segura. Entre os dois extremos, há várias possibilidades, que você mesma pode definir. O mais importante é manter a regularidade, ou seja, fazer todos os dias a mesma coisa, para que o bebê saiba o que esperar.

A partir dessa idade, já dá para começar a introduzir elementos de segurança, como um bonequinho ou bichinho de pano, para manter no berço com a criança. Prefira materiais laváveis e que não acumulem muito pó, e mostre ao seu filho que o amiguinho dele vai estar lá a noite inteira.

Tenha em mente que não há um jeito "certo" de fazer seu filho dormir a noite toda. Você tem que escolher um método que se ajuste à maneira de ser de sua família e seja confortável para o seu coração de mãe. O que funciona com uma criança pode não funcionar com outra.
Fonte: Baby Center
Comentários pelo Facebook
3 Comentários pelo Blogger

3 comentários:

  1. Oi Ale,
    ja voltou d férias?
    Coisa boa vir aqui e ler os teus artigos maravilhosos.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Sempre com artigos mais que ótimos!
    Bjão gigante!

    ResponderExcluir
  3. Oi amigas, q bom q gostaram. Ainda estou em férias, mas toda fez que possa passo por aqui.

    bjss

    ResponderExcluir

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger