O bebê chegou e agora?! Mudança de rotina, descobrtas, surpresas, erros e acertos...

É uma mudaça bem grande, principalmente para a nova mãe, então achei legal colocar essa matéria e depois colocar as minhas dicas:

"O bebê nasceu! À volta para casa com o bebê nem sempre é tranqüila, afinal toda rotina mudou e o bebê nos primeiros meses é um mistério a ser descoberto pelos pais. Errando e acertando, vocês encontrarão o caminho. Lembrem-se que a família está se adaptando a uma nova vida. Sejam os pais que vocês precisam ser e não o que os outros esperam, portanto mantenham o bom humor e não sejam tão exigentes consigo.

Preparar-se para estar atento ao bebê é importante, por isso veja algumas dicas para que os primeiros dias do bebê em casa deixem boas saudades!


- Não exija demais de si e não ultrapasse seus limites físicos e emocionais. Sempre que precisar peça ajuda, não espere alguém lhe oferecer. Lembre-se que a licença maternidade é para você cuidar do bebê e não para organizar os armários em casa;

- Deixar algumas refeições congeladas torna-se prático e ajudará você a ter mais momentos livres para descansar;

- Faça resguardo de visitas! Receba-as de forma gradual na maternidade e em casa, pois os recém-nascidos além de não possuírem uma imunidade ativa, também exigirá mais atenção nessa fase de adaptação com a amamentação. Nessa fase, os recém-nascidos não têm hora para mamar. Geralmente, mamam a cada duas horas e meia/ três horas. Esses intervalos entre as mamadas podem aumentar ou diminuir, dependendo de cada bebê. Após o primeiro mês a tendência é que as mamadas sigam uma rotina de horário. Nos intervalos das mamadas, enquanto o bebê dorme, aproveite esse momento para descansar. Repousar é fundamental para se recuperar no pós-parto e aumentar a produção de leite;

- Quando estiver liberada pelo GO, tente praticar exercícios começando com alongamentos e caminhada leve. Saia com bebê enquanto ele toma o banho de sol e você se exercita.

Fonte: http://www.toquefeminino.com.br"

Bom, as minhas dicas para as futuras mamães são:

- não tenha vergonha de pedir ajudar, para o pai, os avós, ..., quem poder te auxiliar nesse início. Eu tentei me virar sozinha, pois nunca tive muita facilidade em pedir ajuda, e me arrependi bastante, não tinha tempo nem para ir ao banheiro, comecei a me sentir frustrada, sozinha, ... Mesmo meu marido me ajudando na medida do possível, eu senti bastante e em uma próxima vez, com certeza eu irei contratar uma pessoa para ficar comigo nesses 1os meses e me auxiliar. Acredito que isso teria feito muita diferença e talvez eu não tivesse desenvolvido a depressão pós-parto;

- amamentar, principalmente no 1o mês não é fácil, dói, o bb exige muito e é completamente dependente, então não se sinta culpada em não achar 'tudo de bom' amamentar, como todo sempre fala;

- se sentir triste, insegura e sensível nos 1os 15 dias é super normal, mas se essa sensação continuar por mais de 30 dias procure seu médico, não faça como eu que ficou achando que era tudo normal, que ia passar e depois acabei tendo uma depressão pós-parto bem complicada (que trato até hoje).

Bom querida, acho que é isso, se alguma outra mamãe tiver outras dicas para deixar aqui, serma muito bem vindas!

bjss,
Alê
Comentários pelo Facebook
2 Comentários pelo Blogger

2 comentários:

  1. Alê após a chegada do Bebê tudo muda né???
    Mais é tão Gostoso♥
    Amo suas matérias♥

    Obrigada por estimar minhas Melhoras♥

    Bitocas Cheias de Saudades♥

    ResponderExcluir
  2. Oi amada, é muito bom sim. Espero que esteja melhor.

    Mil bjs

    ResponderExcluir

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger