Asma: A importância de um tratamento adequado!

Entre nós mães, muitas vezes a asma é uma grande preocupação, por isso vamos falar um pouco a respeito, afinal toda a informação e esclarecimento pode ser de grande ajuda!

A asma é uma doença inflamatória crônica, que atinge as vias aéreas e está relacionada a fatores ambientais e genéticos. Ela pode surgir em qualquer idade, mas normalmente os sintomas começam na infância, como  falta de ar, chiado, tosse e aperto no peito, que surgem como consequência de inflamação nos brônquios em pessoas com predisposição. Nas crianças, a asma se manifesta inicialmente por reações alérgicas, por uma gripe ou resfriado, que acaba inflamando o trato respiratório.
Principalmente na infância, muitas pessoas confundem a asma com a bronquite, mas a diferença entre elas é que a asma é causada por alergia e não tem cura, apenas controle, enquanto que a bronquite é causada por bactérias ou vírus e tem cura. Por isso também, é muito importante a avaliação e acompanhamento médico.

A asma pode ser leve (sintomas discretos e esporádicos), moderada (sintomas mais aparentes, como tosse e chiado) ou grave (sintomas intensos e freqüentes).1

E o que fazer para tentar prevenir as crises

Manter os ambientes limpos e arejados, pode ajudar bastante, evitando a proliferação de ácaros e acúmulo de poeira. Principalmente no quarto, cortinas, tapetes e brinquedos de pelúcia devem ser retirados, pois acumulam pó. Evitar substâncias que possam desencadear uma reação alérgica (produtos químicos, perfumes fortes, fumaça de cigarro), além de mudanças bruscas de temperatura e estresse. Já o tratamento deve ser definido pelo médico, conforme avaliação do quadro de cada paciente.

De acordo com o Ministério da Saúde, só em 2011, a asma levou mais de 179 mil2 pacientes a hospitalizações. A situação se agrava no inverno, quando temos baixas temperaturas, clima seco e ar poluído. Além da perda social (crianças perdem aulas e adultos, dias de trabalho), a asma foi responsável por:
  • 179 mil internações entre março de 2011 e março de 2012 – sendo 61% na faixa de 0-19 anos; 2
  • R$ 95 milhões gastos; 3
  • 779 mortes entre março de 2011 e março de 2012. 4
As diretrizes para a asma da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, publicadas em maio de 2012, reforçam a importância da adesão ao tratamento, uma dificuldade recorrente encontrada pelos pacientes.5
Porém, esse cenário pode mudar bastante, já que, desde junho de 2012, o Governo Federal passou a oferecer gratuitamente novas opções de medicamentos para asma, propiciando um tratamento seguro e eficaz. Uma ótima notícia, com certeza!

Como conseguir o medicamento grátis6
Procure seu médico. O medicamento é fornecido nas Farmácias Populares e na rede Aqui tem Farmácia Popular, mediante apresentação da receita e da identidade. Qualquer pessoa pode se beneficiar, sem restrição de idade ou classe social.

Mais informações: Blog Chega de Asma

Referências:
1.    SOCIEDADE BRASILEIRA DE PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA. IV Diretrizes brasileiras para o manejo da asma. J Bras Pneumol, 32(Supl 7): S447-S474, 2006.
2.    Pesquisa realizada na base de dados DATASUS, utilizando os limites “LISTA MORB CID-10” para Linha, “FAIXA ETÁRIA 1” para coluna, ”INTERNAÇÕES” para Conteúdo, “MAR-MAR/2011-12” para Períodos Disponíveis, “TODAS AS CATEGORIAS” para Região, “ASMA” para Lista Morb CID-10, “TODAS AS CATEGORIAS” para Faixa Etária 1. Disponível em: <http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sih/cnv/niuf.def>. Acesso em: 25 jun. 2012.
3.    Pesquisa realizada na base de dados DATASUS, utilizando os limites “REGIÃO” para Linha,”VALOR TOTAL” para Conteúdo, “MAR-MAR/2011-12” para Períodos Disponíveis, “TODAS AS CATEGORIAS” para Região, “ASMA ”para Lista Morb CID-10. Disponível em: <http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sih/cnv/niuf.def>. Acesso em: 25 jun. 2012.
4.    Pesquisa realizada na base de dados DATASUS, utilizando os limites “REGIÃO/UF” para Linha, ”ÓBITOS” para Conteúdo, “MAR-MAR/2011-12” para Períodos Disponíveis, “TODAS AS CATEGORIAS” para Região, “ASMA” para Lista Morb CID-10. Disponível em: <http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sih/cnv/niuf.def>. Acesso em: 25 jun. 2012.
5.    SOCIEDADE BRASILEIRA DE PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia para o manejo da asma – 2012. J Bras Pneumol, 38(Supl 1): S1-S46, 2012.
6.    BRASIL. Ministério da Saúde.  Brasil Carinhoso: Farmácia Popular terá medicamentos de graça para asma. Disponível em: . Acesso em: 12 jul. 2012.
Entre nós mães, muitas vezes a asma é uma grande preocupação, por isso vamos falar um 
pouco a respeito, afinal toda a informação e esclarecimento pode ser de grande ajuda!
A asma é uma doença inflamatória crônica, que atinge as vias aéreas e está relacionada 
a fatores ambientais e genéticos. Ela pode surgir em qualquer idade, mas normalmente os 
sintomas começam na infância, como  falta de ar, chiado, tosse e aperto no peito, que surgem 
como consequência de inflamação nos brônquios em pessoas com predisposição. Nas 
crianças, a asma se manifesta inicialmente por reações alérgicas, por uma gripe ou resfriado, 
que acaba inflamando o trato respiratório. 
Principalmente na infância, muitas pessoas confundem a asma com a bronquite, mas a 
diferença entre elas é que a asma é causada por alergia e não tem cura, apenas controle, 
enquanto que a bronquite é causada por bactérias ou vírus e tem cura. Por isso também, é 
muito importante a avaliação e acompanhamento médico.
A asma pode ser leve (sintomas discretos e esporádicos), moderada (sintomas mais aparentes, 
como tosse e chiado) ou grave (sintomas intensos e freqüentes).
1
E o que fazer para tentar prevenir as crises
Manter os ambientes limpos e arejados, pode ajudar bastante, evitando a proliferação de 
ácaros e acúmulo de poeira. Principalmente no quarto, cortinas, tapetes e brinquedos de 
pelúcia devem ser retirados, pois acumulam pó. Evitar substâncias que possam desencadear 
uma reação alérgica (produtos químicos, perfumes fortes, fumaça de cigarro), além de 
mudanças bruscas de temperatura e estresse. Já o tratamento deve ser definido pelo médico, 
conforme avaliação do quadro de cada paciente.
De acordo com o Ministério da Saúde, só em 2011, a asma levou mais de 179 mil

2 pacientes 
a hospitalizações. A situação se agrava no inverno, quando temos baixas temperaturas, clima 
seco e ar poluído. Além da perda social (crianças perdem aulas e adultos, dias de trabalho), a 
asma foi responsável por:
● 179 mil internações entre março de 2011 e março de 2012 – sendo 61% na faixa de 0-
19 anos; 
2
● R$ 95 milhões gastos; 
3
● 779 mortes entre março de 2011 e março de 2012. 
4
As diretrizes para a asma da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, publicadas em 
maio de 2012, reforçam a importância da adesão ao tratamento, uma dificuldade recorrente 
encontrada pelos pacientes.
5
Porém, esse cenário pode mudar bastante, já que, desde junho de 2012, o Governo Federal 
passou a oferecer gratuitamente novas opções de medicamentos para asma, propiciando um 
tratamento seguro e eficaz. Uma ótima notícia, com certeza!
Como conseguir o medicamento grátis
6
Procure seu médico. O medicamento é fornecido nas Farmácias Populares e na rede Aqui tem 
Farmácia Popular, mediante apresentação da receita e da identidade. Qualquer pessoa pode 
se beneficiar, sem restrição de idade ou classe social.
Mais informações:Blog Chega de Asma
Post Patrocinado

Alê Nunes
Blog Da Fertilidade à Maternidade

P.S.: Gostou do post, então compartilha :), mas se for copiar cite a fonte, com link e a autora. É mais justo com quem pesquisa e escreve sobre o assunto para tentar ajudar. Obrigada, Alê

* As informações disponíveis são meramente informativas, os comentários respostas são informações leigas e não substituem a Consulta Médica!
Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger