O que uma mãe ou futura mãe de 1a viagem precisa saber!


Amiga, quando a gente planeja e/ou vai ser mãe pela 1a vez, vivemos uma fase de sonhar como vai ser quando estivermos com aquela barriga linda de grávida, como vai ser perfeito fazer o enxoval, decorar o quartinho, ter um parto perfeito, um bebê lindo e saudável, como vai ser maravilhoso amamentar nosso filho, … Tudo de bom, curtimos nosso futuro bebê mesmo antes dele ser gerado.

Mas o que mais é interessante a gente também saber?! Bom, essa foi a pergunta que uma amiga me fez a um tempo atrás, e pensando um pouquinho, a minha resposta para ela foi que, maternidade é tudo de bom, mas gostaria que alguém tivesse me dado algumas dicas, como:


- nem toda a mulher tem sintomas quando engravida, isso não quer dizer que tem algo errado!

- prepare-se para ter um filho, mesmo antes de engravidar: cuide da sua saúde física e emocional, pode não acontecer tão rápido quanto você imagina!

- planejar é bom, mas planejar demais também pode atrapalhar! Isso porque, conseguir engravidar facilmente, ter uma gestação exatamente como você imagina, um parto perfeito, um bebê calminho e que nasça naquele mês exato que você planejou, a realidade pode não ser tão exata.

- nem sempre é amor à primeira vista! Ter um filho é maravilhoso, mas aquele amor infinito que imaginamos sentir no exato momento do nascimento, às vezes pode ir crescendo dia-a-dia e isso não quer dizer que você é uma mãe pior ou melhor.

- o mais importante saber sobre à amamentação é a pega correta do bebê! É ela que vai fazer toda a diferença para conseguir amamentar seu bebê!

- nos 1os três meses a amamentação pode ser dolorida, pois é uma fase de adaptação sua e do seu bebê.

- converse com o futuro papai, envolva ele durante todo o processo, à decisão é do casal não só do pai ou da mãe!

- a depressão pós-parto é uma realidade, eu sei que a gente sempre pensa que só acontece com os outros, tb passei por isso, só que não, então se informe também sobre o assunto. É normal a gente passar por uma fase complicada no pós-parto, chamada "baby blues", mas se a tristeza durar mais que 15 ou 20 dias, converse com seu médico.

- Não tenha receio de pedir ajuda, um bebê recém-nascido exige muita atenção e cuidados, ter alguém auxiliando, mesmo que seja para cuidar só da casa, é importante.

- não existe mãe perfeita! Nem melhor ou pior! Cada mãe é única, não existe comparação! Aliás comparações não são uma boa pedida quando o assunto é fertilidade, gravidez, maternidade e filhos!

Essas dicas não são nenhuma regra, são apenas assuntos que também fazem parte dessa fase que vai da fertilidade à maternidade ;)

Para finalizar esse vídeo bem interessante da Perestroika, que perguntou a mães o que elas gostariam de saber antes do filho nascer:


Alê
Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger