Papo de Treinante: Tentando engravidar, mas por que é tão difícil?!


Acho que toda a tentante já se fez essa pergunta “mas por que é tão difícil?” ou então “por que é tão fácil para os outros e para nós não?”, pois é, tb já me fiz muitas vezes essa pergunta até que um dia resolvi aprender mais para tentar responder essa(s) perguntas que pareciam sem resposta. Não que exista uma resposta exata, ou que seja válida para todas as pessoas, mas acho que me ajudou bastante a entender e, pelo menos, acalmar um pouco meus pensamentos.
Pois é, muitas mulheres conseguem fácil sim, ainda mais quando vc não está conseguindo, parece que só ouve histórias desse tipo, mas calma, não é só com vc mesmo, hoje até, acho que é muito mais comum ter algum tipo de dificuldade do que não ter.

Bom, mas tentando responder um pouco a pergunta título, engravidar não é tão simples assim, existem muito mais detalhes entre a relação e uma gestação saudável, do que podemos imaginar. Acho que a primeira coisa a saber é que um casal com a fertilidade perfeitamente saudável, tem em média 20% a 25% de chance de gravidez por ciclo de tentativa, ou seja, pode levar até 1 ano, 1 ano e meio para conseguir engravidar. Isso porque, uma mulher não ovula todos os ciclo, em média 8 a 10x ao ano, a relação tem que ser em um período fértil, pois o óvulo da mulher dura entre 12 a 24 horas, já os espermatozóides saudáveis podem durar até 72 horas no organismo da mulher, veja bem ‘até’, não que com certeza vão durar. Além disso tudo os espzs tem que conseguir nadar até as trompas, passando pelo útero que é um ambiente ácido, o que mata muitos deles nesse trajeto, eles tem que acertar o lado certo também, pois se vc ovular do lado esquerdo, aqueles que foram p/ a trompa direita já estão fora do pareo. Depois dessa maratona toda, com percurso perigoso e tempo marcado, ele ainda tem que ter força suficiente para penetrar o óvulo, ou seja, fecundar, e nem sempre eles conseguem.

Se houver fecundação o óvulo tem que conseguir sair da trompa e chegar até o útero, lá tem que conseguir se fixar a parede uterina, a chamada nidação, e também não é uma tarefa simples, depende de vários fatores como ter um endométrio com uma boa espessura, saudável, um óvulo saudável, hormônios, problemas na divisão celular… Infelizmente, mesmo havendo uma fecundação, as chances de não engravidar são altas.

Imagine tudo isso agregado a alguma problema de fertilidade?! Calma, a minha intenção não é desanimar você não, só tentar esclarecer um pouco porque não acontece tão fácil, quanto se achava.

Por isso tudo é tão importante, quando se decide engravidar, procurar logo o médico fazer uma boa avaliação, com todos os exame pré-gestacionais, tomar o ácido fólico e cuidar da saúde. Não é bobagem não, é fundamental para você potencializar suas chances, não perder tempo, já que se houver algum problema já pode tratar e resolver, e conseguir realizar seu sonho de ter um bebzinho lindo e saudável.

Se quiser ler mais sobre o assunto, acesse nossa seção Planejando Engravidar.

Alê Nunes
Blog Da Fertilidade à Maternidade

P.S.: Gostou do post, então compartilha :), mas se for copiar cite a fonte, com link e a autora. É mais justo com quem pesquisa e escreve sobre o assunto para tentar ajudar. Obrigada, Alê

* As informações disponíveis são meramente informativas, os comentários respostas são informações leigas e não substituem a Consulta Médica!
Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger