Gravidez: Novos Exames ajudam mamães e bebês!

A medicina está sempre evoluindo e, cada vez mais, surgem novos tratamentos e exames que podem ajudar nossa saúde. Diretamente relacionados à gravidez, surgiram novos exames que podem ajudar a diminuir riscos à saúde da mãe e do bebê, são eles:

PLGF (Placental Grown Factor)
Um exame de sangue, feito entre 9 e a 14 semanas de gravidez, que dosa as proteínas da placenta e o risco da mulher ter pré-eclâmpsia, maior causa de mortalidade de gestantes no Brasil. Quando essas proteínas estão baixas, significa que os vasos sanguíneos da placenta estão mais fechados, favorecendo o aumento de pressão arterial e trazendo risco de pré-eclâmpsia ou complicações mais sérias, como a Síndrome de Hellp. É um exame importante, principalmente em caso de histórico de hipertensão em outras gestações. Esse exame custa cerca de R$ 2.000,00.

Ultrassom 4D HDLive
Para quem quer ver o bebê na barriga com perfeição! Esse novo ultrassom tem a capacidade de observar volumes com uma fonte de luz que ajuda a aumentar a percepção de profundidade, dando muito mais muito mais precisão ao exame, podendo revelar com nitidez o sexo do bebê e detalhes escondidos, o que auxilia na detecção de possíveis malformações fetais ou lábios leporinos, por exemplo. Esse exame varia bastante de valor, mas pode chegar até uns R$ 800,00.

CGH-Array (Hibridização Genômica Comparativa em Array)
Este exame detecta alterações cromossômicas microscópicas, que causam retardo de desenvolvimento. Indicado para mulheres com históricos familiar de alterações genéticas ou casal consanguíneo. O exame custa cerca de R$ 5.000,00.

Trissomia Fetal
É um exame de sangue que detecta se a mãe tem alguma alteração cromossômica para síndromes como a de Down, Edwards e Patau. É feito entre 11 e 12 semanas de gestação, podendo substituir a chamada TN (Transluscência Nucal). Este exame tem um diagnóstico de quase 100% e não traz riscos como a amniocentese. Custa cerca de R$ 2.500,00.

Fontes: http://gnt.globo.com/maes-e-filhos/materias/conheca-novos-exames-que-as-gravidas-podem-fazer.htm e http://paisefilhos.com.br/sos-gravida/novos-exames-para-gravidas

"Novo Exame de sangue poderá substituir a Amniocentese!

Uma notícia ótima com certeza, ainda em 2013 um exame de sangue simples, poderá substituir a amniocentese, exame para detecção de anomalias cromossômicas no feto durante a gestação, que ainda é motivo de muita preocupação e dúvidas para os pais.

“Diversos laboratórios privados no país começam a adotar em 2013 um novo exame de sangue simples. É o NIPT – PanoramaTM, que poderá substituir a amniocentese, exame invasivo que retira líquido amniótico do útero para diagnóstico de anomalias cromossômicas no bebê, como a Síndrome de Down.

O novo exame é feito no início da gravidez, quando algumas células do embrião já passaram para o sangue da futura mamãe. Nesta fase, retira-se uma pequena amostra deste sangue para uma comparação das cópias dos cromossomos estudados entre o feto, a mãe e o pai. A amostra é enviada para os Estados Unidos e o resultado do exame demora cerca de 10 dias.

De acordo com o Instituo Paulista de Ginecologia e Obstetrícia (IPGO), o NIPT – PanoramaTM é indicado principalmente para: gestantes com idade avançada; alterações de outros marcadores no sangue; história pessoal ou familiar de aneuploidia; ultrassom anormal.

O diretor do IPGO, Arnaldo Cambiaghi, conta que, o fato de a maioria dos resultados ser negativo trará tranquilidade aos pais por saber, de antemão, que o bebê não terá alguma síndrome. Assim, não serão surpreendidos no dia do parto com o nascimento de um filho com doença cromossômica

“Caso o resultado do exame seja positivo, o casal terá tempo para se preparar, se informar sobre a doença e criar ambiente ideal para receber a criança. É importante ressaltar que, diante dessa situação, a interrupção da gravidez é proibida pela lei brasileira e pela ética”, acrescenta.

O NIPT – PanoramaTM não poderá ser realizado em gestações múltiplas, nem quando foi usado óvulo de doadora ou em que a mãe teve um transplante de medula óssea.

Fonte: http://babyblogbr.com.br/exame-nao-invasivo-detecta-doencas-geneticas-no-feto/"
Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger