Homeopatia e fertilidade


Como recebo muitas dúvidas sobre o assunto e também, como eu sou uma adepta de terapias alternativas, como complementação do tratamento médico (alopático), achei interessante buscar um pouco de informação sobre o assunto.

A homeopatia visa tratar a pessoa e não só a sua doença, buscando o equilíbrio emocional e físico, o seja, a harmonia vital. Por isso é importante a consulta a um profissional homeopata, para que ele avalie à situação, de preferência o casal, quando falamos em fertilidade, para então ter a indicação do tratamento.

Na homeopatia, pode-se tratar desde questões emocionais, como a ansiedade, até questões físicas como problemas hormonais, ovarianos e uterinos. Sendo que, mais uma vez vale lembrar, que não existe resposta mágica, é preciso paciência e orientação profissional.

O Livro Fertilidade Natural, do Dr. Arnaldo Schizzi Cambiagui e da Dra. Daniella Spilborghs Castellotti, do IPGO, que tem sua distribuição gratuita online, tem um capítulo específico sobre o assunto Homeopatia, o Capítulo 12 (clique para acessar). É bem interessante, pois eles explicam principalmente, como o tratamento homeopático pode ajudar no tratamento da infertilidade de uma forma mais detalhada e foi uma das minha fontes de pesquisa.

As homeopatias mais comuns que tem sido indicadas são: o Folliculinum ch6, o Ovarium ch6 e o Tribullus Terrestris, encontrei as informações abaixo, que explicam melhor para que são indicados, vale salientar que também tem contra-indicações, como qualquer medicação.

"Folliculinum ch6

O Farmacêutico informa: Criado pela homeopata Melissa Assilem, Folliculinum é uma alternativa ao estrogênio hormônios. Feita a partir de estrona, um hormônio sintético, que foi criado para ajudar as mulheres com uma variedade de problemas menstruais e física. Ela também pode ajudar a tratar problemas emocionais.

Mulheres que recebem a homeopatia pode ter Folliculinum recomendado a elas depois de parar de tomar a pílula anticoncepcional. Este é o uso mais comum do remédio herbal. Muitos homeopatas acreditam que a pílula anticoncepcional distorce os ritmos naturais do corpo, criando uma sensação de desconexão e doenças dentro do corpo.

Para restaurar o equilíbrio do corpo, Folliculinum é prescrito.

No tratamento de tais desequilíbrios supostos dentro do corpo, o estrogénio sintético é dito para trabalhar sobre os sintomas mentais, emocionais e físicas do paciente. Ovulação desequilibriada, tais como manchas, queimadura, síndrome pré-menstrual, ou dor durante a menstruação, são ditos ser curada por o remédio. Cistos ovarianos, policístico ovários e miomas podem ser todos tratados por Folliculinum.

Sentimentos de estar emocionalmente esgotada, deprimida ou chorosa pode a ser atenuado por este tratamento. Ataques de indecisão, alterações de humor e pânico também podem ser domados com o tratamento. Desejos, especialmente para o açúcar ou trigo, pode ser controlada, tendo o estrogênio sintético. Outros sintomas que podem ter um impacto positivo sobre incluem inchaço, dores de cabeça, diarreia, prurido, baixo libido, libido alto, vômitos, náuseas e dor de peito.

Sintomas de menopausa também pode ser aliviada através da utilização de Folliculinum. Ondas de calor, suores noturnos, e questões de calor, podem ser aliviados. Outros sintomas que podem ser abatidos através do tratamento incluem tontura , secura vaginal, desmaios e hipersensibilidade ao calor, ruído ou toque. Alguns homeopatas afirmam que o remédio também pode aumentar a auto-estima, e uma sensação geral de bem-estar.

Alguns problemas pós-natais podem ser curadas com Folliculinum. A incapacidade de se relacionar com um recém-nascido, depressão pós-parto, e outras condições consideradas como sendo o resultado de um desequilíbrio pode ser curada com o composto. As mulheres grávidas e lactantes devem perguntar a um médico antes de usar o remédio para esses fins.

Doenças cardiovasculares e problemas como angina, taquicardia, palpitações ou às vezes pode ser sanado com o suplemento . Também pode ser útil no tratamento de perturbações alimentares. Doença de Raynaud, um distúrbio no qual os membros exteriores adquirir uma frieza e insensibilidade, é outra condição tratável pela medicina homeopática. Outros semelhantes distúrbios vasculares pode ser facilitado por ele também.

Folliculinum pode produzir efeitos negativos se usado em demasia. Uma consulta com um homeopata ou médico antes do uso é recomendado. A solução também pode ser utilizada por homens em algumas situações.
Fonte: wisegeek.

COMPOSIÇÃO:
Folliculinum ch6
Excipiente qsp 20ml


POSOLOGIA:
Tome 5 gotas 3 vezes ao dia ou conforme orientação do profissional habilitado.

INDICAÇÃO:
Ovulação desequilíbriada, sintomas de menopausa, cistos ovarianos, policístico ovários e miomas podem ser todos tratados por Folliculinum.

Venda mediante prescrição do profissional habilitado
"Não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um especialista"

ADVERTÊNCIAS:
1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
2. Imagens meramente ilustrativas.
3. É recomendável uma dieta e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso.
4. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
5. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o prescritor.
6. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
7. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
8. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
9. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
10. Embora não existam contra-indicações relativas a faixas etárias, recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.
11. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado.
12. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
13. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
14. O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário à informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto" RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.
15. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO OU FARMACÊUTICO DEVERÁ SER CONSULTADO"

REFÊRENCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
https://www.wisegeek.com/what-is-folliculinum.htm

Ovarium 6ch

O Farmacêutico informa: O medicamento homeopático Ovarium é uma mistura de vários componentes homeopáticos que agem em diferentes questões da fertilidade feminina.  É um medicamento da homotoxicologia (ciência que procura no organismo de substâncias tóxicas, venenosas que fazem mal ao ser humano acumuladas através de alimentos, medicamentos, água, metais pesados, droga, fumo, radiações e outros que podem provocar danos ou lesões nos órgãos, além de doenças como alergias, infecções crônicas ou recorrentes, intoxicações e doenças autoimunes).

Com algumas dessas indicações entendemos que o ovarium age na fertilidade feminina, ajudando nas condições do útero, na ovulação e consequentemente regulando os ciclos menstruais agindo diretamente no controle dos hormônios envolvidos no processo . 
Cada componente atua numa questão diferente.

Compositum Ovarium
Produto homotoxicologia (homeopatia para 2ª Geração) Utilização principal na medicina biológica para:
Estimulação das funções glandulares, tecido conjuntivo e de defesa nos casos de dismenorréia, parametrite, endometrite, metrite, enurese (em meninas), na menopausa, a falta de lobo anterior da hipófise nas fêmeas, mastodinia vulvar kraurosis, osteomalacia , menorragia e metrorragia, bem como em vários distúrbios metabólicos, também em unidades geriátricas.

COMPOSIÇÃO:
Ovarium ch6
Excipiente qsp 20 gramas

POSOLOGIA:
Tome 5 glóbulos 3 vezes ao dia ou conforme orientação do profissional habilitado.

INDICAÇÃO: 
*Estimulação das funções glandulares, 
*age no tecido conjuntivo (responsáveis pelo estabelecimento e manutenção da forma do corpo)
*defesa nos casos de dismenorreia (Cólica menstrual),
*parametrite(Inflamação do tecido da porção inferior e estreita do útero),
*endometriose,
*endometrite (Inflamação e/ou irritação do endométrio),
*metrite ( inflamação aguda ou crônica do endométrio, camada muscular do útero),
*enurese em meninas (falta de controle da micção),
*menopausa,
*falta ou distúrbio do lobo anterior da hipófise(responsável pela liberação de 6 hormônios , entre eles o *FSH, LH e a Prolactina),
*mastodinia (dor nas mamas),
*vulvar kraurosis (doença atrófica afetando a genitália externa feminina),
*osteomalacia (enfraquecimento e desmineralização dos ossos nos adultos devido a uma deficiência em vitamina D)
*menorragia ( período menstrual de sangramento muito intenso e prolongado em intervalos regulares)*
*metrorragia (sangramentos irregulares do útero fora do ciclo menstrual normal)
*em vários distúrbios metabólicos 
*em alguns casos geriátricos
*Alivia sintomas causados pelos problemas e desconfortos do ciclo menstrual , tais como irritabilidade nervosa, insônia e como já foi citado, age também aliviando as cólicas menstruais.
Venda mediante prescrição do profissional habilitado
"Não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um especialista" 

ADVERTÊNCIAS:
1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
2. Imagens meramente ilustrativas.
3. É recomendável uma dieta e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso.
4. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
5. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o prescritor.
6. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
7. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
8. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
9. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
10. Embora não existam contra-indicações relativas a faixas etárias, recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.
11. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado.
12. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
13. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
14. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO OU FARMACÊUTICO DEVERÁ SER CONSULTADO"

REFÊRENCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
https://maeaflordapele.blogspot.com.br/2012/02/o-poder-da-homeopatia-ovarium.html

Fonte: www.farmaciamanipulart.com.br

Tribulus Terrestris


O Tribulus terrestris é um hormônio não-esteroidal, que aumenta a testosterona e aumenta os níveis do hormônio luteinizante (LH).

Estudos comprovam que quando administrado em homens saudáveis de 28 a 45 anos, em 3 doses de 250 mg ao dia ocorre um aumento de 41 % dos níveis de testosterona no decorrer de 5 dias. Além da elevação da testosterona, há um aumento da libido, freqüência e força das ereções e recuperação da atividade sexual. Reduz os níveis de colesterol e melhora do humor.

Em mulheres diminui os sintomas da frigidez sexual, aumenta a libido e reduz os sintomas da menopausa.

Possui significante atividade diurética e inibe a formação de pedras nos rins, bem como atua em casos de espermatorréia, fosfatúria, doenças genito-urinárias como disúria, gonorréia, cistite crônica, desordens urinárias, incontinência urinária, gota, e também em desordens uterinas após o parto.
Útil em diabetes, infecções respiratórias do trato inferior e superior e problemas cardíacos. Também mostrou reduzir a pressão alta, como também sódio e mostrou um efeito analgésico.

Composição: Extrato seco de Tribulus Terrestris.

IMPORTANTE: Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
Fonte: http://www.drashirleydecampos.com.br/"

Além dessas 3, ainda existem várias outras, como:

Agnus castus – em casos de oligospermia e azoospermia
Aroeira (Schinus terebenthifolius) - Produtos ginecológicos anti-infecciosos 

Aurum – quando a depressão está na origem da infertilidade.

Ignatia – contra o estresse e a ansiedade.

Lachaesis – para estimular os ovários. 

Lycopodium – para melhorar a qualidade do muco cervical.

Progesteronum – para regular o ciclo menstrual, quando há deficiência lútea.

Sabina – pode ser indicado em casos de abortos repetidos.

Sépia – para casos de ovulação irregular ou inexistente.

She OAK (Casuarina Glauca) - indicado para mulheres que não conseguem engravidar sem nenhuma causa física aparente. Pode limpar bloqueios emocionais conscientes ou inconsciente que possam estar impedindo a gravidez. Ajuda também na tensão pré-menstrual e desequilíbrio hormonal.


Unha de Gato e Uxi Amarelo - para tratar miomas, cistos e infecções do trato urinário.

Então gente, acho que toda a ajuda é bem vinda, mas com consciência, não se automedique, procure um homeopata ou fale com seu médico, caso vc ache que algum desses pode ajudar.

Alê Nunes

P.S.: Se gostou do post compartilhe o link, mas se for copiar peço que coloque a fonte com link e a autora. É mais justo com quem pesquisa e escreve sobre o assunto para tentar ajudar outras pessoas. Obrigada, Alê
Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger