Papo de Mãe: O que você aprendeu com a maternidade?


Hoje convidei algumas mãe blogueiras para gente ter uma papo de mãe, perguntando a elas o que elas aprenderam com a maternidade, olha só o que cada uma respondeu:

Bom, vou começar, eu aprendi a ver a vida complemente diferente, a ter mais paciência, a ter mais amor e carinho para tudo.

Eu prendi que tudo que se acha que sabe sobre maternidade, na verdade serve para muito pouco, o que mais importa mesmo é a gente seguir nossos instintos, se informar e tomar as próprias decisões.

Aprendi que não existe receita de maternidade que serve para qualquer mãe, cada mãe tem suas experiências, suas crenças, seu jeito de ser e de fazer e não é porque eu faço de um jeito, que acho ótimo, que será ótima para você ou qualquer outra mãe.
Então, o que eu deixo de mensagem aqui é, seja uma mãe possível e não uma mãe perfeita e não julgue outras mães!


"É difícil falar em uma só coisa que aprendi com a maternidade, pois foram muitas até agora e tenho certeza que ainda vou aprender muitas outras pela frente. Acho que a primeira coisa que aprendi com a maternidade foi que as coisas nem sempre acontecem no nosso tempo e que isso não é ruim como parece (e isso eu aprendi antes mesmo da Clara nascer... rs).

Aprendi também que nosso tempo é diferente do tempo das crianças. Que no mundo delas não existe pressa, não existe correria pra fazer as coisas e isso foi um grande desafio pra mim, porque eu sempre fui do tipo que quer as coisas “pra ontem”, que sempre andava apressada na rua, mesmo que não estivesse atrasada pra nada. A Clara me ensinou a curtir mais cada momento, a olhar pra vida com olhos de contemplação, por mais corriqueira que seja a situação. 


Acredito que ser mãe também trouxe á tona a importância do exemplo dos pais para a criação e o futuro de uma criança. E isso me faz estar o tempo todo atenta o que eu digo e ao que eu faço, pois sei que sou espelho em muitas coisas pra Clara. O que eu fizer, ela provavelmente fará também.

Por fim, a maternidade também me ensinou que, não importa o quão difícil foi o dia ou quão estressante é a fase que estamos vivendo, uma palavra, um sorriso, um abraço do filho apazigua tudo e revigora a alma. Ou seja, no final das contas, a maternidade me ensinou que o amor tudo cura, tudo perdoa, tudo colore. E isso já é maravilhoso!

Mariella, do Blog Caderninho da Mamãe"





"Quando a Alê fez esta pergunta, pensei nossa aprendi mais do que ensinei será que cabe em um texto tudo...acho que não!
Mas vamos tentar...pelo menos uma parte =)
Aprendi a amar, a ser carinhosa, coisa que nunca fui...
Aprendi a acordar cedo e de bom humor, sempre fui mal humorada pelas manhãs...
Aprendi que dar beijo não estraga pelo contrário cria anticorpos para os filhos rsrs...
Aprendi que dar colo não estraga e receber colo de filho também pode...
Aprendi a acreditar mais em um futuro melhor, por que ele é o futuro...
Aprendi que chorar quando estamos tristes pode...

Aprendi que sorrir por nada é uma delicia...
Aprendi que ser mãe de moleque é a melhor coisa do mundo...
Aprendi a jogar bola...
Aprendi brincar coisa que nunca fiz, nem quando criança....
Aprendi que não tenho mais identidade, sou a mãe do Ítalo...
Aprendi muito mais nestes 7 anos de vida do meu moleque, do que a minha vida inteira...aprendi a ser feliz por ser mãe <3 data-blogger-escaped-font="">

Me chamo Elaine, meu blog é o Mãe de moleque, nele conto minhas aventuras na arte de educar um moleque paulistano."




"Nossa! Aprendi tanto com a Maternidade! Penso que ainda nem entendi e me liguei em tudo o que aprendi e aprendo todos os dias com esse presente que recebi! 


Aprendi a compreender mais minha mãe e o valor do colo dela, aprendi que paciência é uma necessidade e não uma virtude, aprendi que não posso controlar tudo, que minha casa estaria para sempre bagunçada! Que minha vida não tinha tanto sentindo antes dele! Que posso ser uma leoa para defender minha cria, mas posso ser o mais medroso dos seres se algo acontecer com ele.


Aprendi que amar é bom demais! Mas, amar dói! Dói quando não se pode sofrer no lugar do filho! Aprendi a comemorar as conquistas de outra pessoa muito mais do que as minhas! Sou menos egoísta, sou mais preocupada com o futuro do planeta, sou mais emotiva (mentira, fiquei chorona mesmo). Aprendi a não julgar e que eu era uma mãe perfeita antes de ter filho! "Pagar língua" é algo que faço todos os dias! Aprendi que ser mãe é a coisa mais difícil e prazerosa da vida!

Ariane, blog 20 minutos para tudo, um blog para as  mamães que como eu, aprenderam que o dia deveria ter pelo menos umas 36 horas para darmos conta de tudo! Porque se tem uma coisa que mãe não tem de sobra, é tempo! Espero vocês e agradeço o espaço cedido com tanto carinho pela querida Alessandra!"




"Depois que me tornei mãe muita coisa mudou, não só a rotina da minha casa, mas outras coisas, como me preocupar mais com a alimentação da família, as coisas que falamos e o que demonstramos para a Isabela.

Somos exemplo em tudo, então acabei aprendendo a fazer receitas mais saudáveis, a criar uma rotina e segui-la, a pensar mais antes de abrir a boca e a ser mais econômica.

Também aprendi que é possível ter mais paciência, que é possível aprender a ser mãe, a não julgar os outros, a dar menos importância para palpites furados e a defender a cria do que precisar. Fora isso meu repertório de músicas infantis aumentou muito, conheço muito mais personagens de desenho animado. Aprendi a contar a mesma histórinha de várias maneiras e a usar muita imaginação.


Resumindo... aprendi que depois de ser mãe, você aprende um pacote enorme de várias coisas para o seu dia a dia com os filhos!

Meu blog é o SouMãe.org, com dicas para gestante, dicas de decoração de festas, chá de bebê e quartos infantis."




"A maternidade me ensinou muitas coisas, tantas que fica até difícil relatar em poucas palavras, aprendi a ser mais paciente, que tudo a o seu tempo, aprendi a valorizar o tempo e a administrá-lo melhor, sendo mais rápida naquilo que é essencial, aprendi que não acertaremos em tudo, que a perfeição não existe e que sempre terá alguém do seu lado para discordar de tudo que você faz, aprendi a superar e ignorar o sono, depois de uma ou várias noites mal dormidas e no dia seguinte fazer tudo que for necessário ao pleno funcionamento da casa, aprendi que podemos mudar de opinião várias e várias vezes, : ), aprendi que posso ser uma pessoa melhor a cada dia por alguém, descobri que sou mais emotiva do que pensava ser, que sou mais flexível do que jamais sonhei que pudesse ser.


Contudo, a mais incrível e fascinante de todas as coisas que eu aprendi com a maternidade, é como minha filha me deu um propósito muito maior de vida, me tornei mais relevante, responsável e feliz, com a maternidade conheci o amor mais puro e verdadeiro, um amor além do qual eu jamais sonhei que existia antes de me tornar Mãe.

Verônica Pataro, blog Pipocas em Aquarela a maternidade com mais cor e tranquilidade!"




"Nossa vida é uma eterna aprendizagem, e quando nos tornamos mãe isso faz muito mais sentido, a cada dia estamos aprendendo uma coisa nova.

Aprendemos que existe um amor maior e indescritível, aprendemos que o que nos faz feliz não são os bem materiais, e sim as coisas simples como um sorriso do nosso filho sem nenhum motivo, um carinho sincero deles, um "mamãe te amo" no meio da tarde, um abraço apertado e verdadeiro, aprendemos que somos mais fortes do que imaginamos e não por nós e sim por alguém que depende de nós, aprendemos que o tempo é muito curto para deixar a casa arrumada e impecável e desperdiçar esse tempo com nossos filhos, a casa, a louça depois arrumamos mais esse tempo com eles não voltam.  


Aprendemos a dá valor a cada gesto, atitude, cada coisa simples do nosso dia a dia, aprendemos a valorizar mais as pessoas que estão a  nossa volta em todos os momentos sejam bons ou ruins. Enfim aprendemos a sermos uma pessoa melhor pois com a chegada dos nossos filhos vemos o mundo com outros olhos, com os olhares alegres, felizes, carinhosos, sinceros, amigos que as crianças tem.

Mi Gobbato, do Blog Espaço das Mamães aonde você encontra um pouco mais sobre o nosso universo materno, com dicas de passeios, receitas, brincadeiras, jogos..."




"A maternidade vem pra ensinar muita coisa pra gente. 

Algumas coisas fluem naturalmente, pois quando nasce uma criança, também nasce uma mãe e em muitos casos o instinto materno (sim, ele existe) fala mais alto. Já outras coisas, a maternidade faz a gente aprender na marra.
Hoje, olhando para as minhas duas filhas, vejo o quanto eu cresci como pessoa. Além de amá-las incondicionalmente, elas me ensinaram a paciência e o respeito pelo próximo.

Sempre fui uma pessoa bem resolvida, nunca gostei de depender de ninguém, sempre fazia minhas coisas na hora que eu queria e quando eu queria. 
A maternidade não funciona assim. A gente tem um serzinho pequeno e indefeso para respeitar, amar e cuidar.


Aprendi a ter paciência para respeitar o tempo delas. Respeitar as necessidades e a individualidade de cada uma. Aprendi que elas são dois seres humanos distintos  que dependem de mim para muita coisa e sendo assim, elas estão em primeiro lugar na minha vida, antes mesmos das minhas próprias necessidades.
Aprendi que a maternidade veio para acrescentar... ela não me tirou nada!

Raquel, blog Eu, Dona de Casa"




"Estou na terceira gestação, e o que eu aprendi e venho aprendendo com essas três experiências, é que cada uma é única, e que não adianta achar que só porque com determinado filho você obteve sucesso com algo, que no próximo filho será assim também, eles são diferentes demais. Com a Lara, desde a barriga, ela sempre foi agitada, quis nascer antes da hora e assustou todo mundo e ainda hoje ela é assim, não consegue esperar por nada, por isso aprendi que tenho que contar as coisas pra ela super em cima da hora, senão dias e dias pura ansiedade. Mais o mais importante que aprendi, é que esse processo não termina jamais, cada dia uma nova experiência e um novo aprendizado se iniciam e isso, para mim, é fascinante!

Janis Souza, blog Dedicação de Mãe é um blog que relata a caminhada de uma mãe, na superação de uma perda gestacional, a criação de uma filha, abordando temas como comportamento, alimentação, dificuldades enfrentadas no meio do caminho, conquistas, superações e a gestação do terceiro bebê."



"Em primeiro lugar, aprendi a amar!!!  Amar de uma forma diferente, com uma intensidade diferente!

Aprendi a viver um dia de cada vez, a curtir cada momento, a festejar cada colherada de comida aceita, a negociar. Aprendi a torcer pra passar logo uma fase e a sofrer porque ela passou tão rápido! Aprendi que não importa se são bebes ou maiores, o colo da mãe é sempre necessário! Aprendi que um sorriso de um filho é o maior presente que podemos ganhar na vida. Aprendi a ser mais comedida, menos egoísta, mais paciente, menos exigente, a levar a vida de uma forma mais leve... aprendi a ser feliz!!!

Daniela Zanatto, blog Mamãe Aprendiz, para mamães de primeira viagem, com dicas para mamães, gestantes e tentantes, buscando facilitar nossa vida!"




"A minha vida mudou muito com a maternidade, aprendi a ter paciência, educar, estabelecer prioridades, ver e entender as necessidades do meu pequeno, dizer um simples “não”, dar muito beijo e abraço bem apertado, falar “eu te amo” o tempo todo, brincar e principalmente fazer o meu filho feliz. 

Tudo na vida tem os seus prós e contras, embora sempre levo a maternidade de forma leve, não abdicando de nada e fazendo com o que o meu filho também participe das minhas escolhas, mostrando para ele que é importante também respeitá-las. Com isso, estamos sempre juntos onde for, seja no dentista, na minha aula de jazz, no restaurante, num encontro com as minhas amigas, e eu também estou presente em todas as suas preferências, como campeonatos e aulas de futebol, apresentações da escola, festa junina, visita e festa na casa do amiguinho. Assim, somos felizes com um sempre participando da vida do outro e unidos mais do que nunca.

Priscila, blog Mãe Sem Frescura tem a proposta de ajudar mães de primeira viagem que tem como objetivo educar os filhos de forma moderna e sem frescura, trazendo dicas de maternidade, casamento, brincadeiras, passeios, educação, alimentação e muito mais. Mostrando como é possível ser uma mãe que nunca abdicou de nada por ter um filho, e sim, fez adaptações para que a vida materna tenha a mesma leveza do sorriso de seu(sua) filho(a)."





"Eu sempre fui alguém muito instintivo. Sempre intuí as coisas. Não adivinhar. Mas ser uma boa observadora dos sinais. 

Daí que isso facilita minha vida. Esse admirável mundo novo me mostrou basicamente que eu não sabia de nada. Tudo o que minha avó disse que aconteceria, aconteceu: Eu aprendi a esperar, aprendi a fazer várias coisas ao mesmo tempo, inclusive com os pés, aprendi o real sentido da palavra abnegação, vi que meu coração é muito maior do que eu pudesse imaginar, aprendi que o tempo agora tem um sentido diferente; aprendi a otimizar muita coisa, inclusive frustrações, aprendi a aprender e a ouvir! Isso é muito importante.
Aprendi o verdadeiro sentido da palavra AMOR.
Aprendi que eu sou importante.

Flavia Moura, blog Ah Manhê!, um blog sobre filhos da mãe, crônicas sobre maternidade, filhos, educação, comportamento e lazer, reunidos numa ótica bem humorada."


E você que está lendo esse post, o que aprendeu com a maternidade? :)

bjs,
Alê
Comentários pelo Facebook
6 Comentários pelo Blogger

6 comentários:

  1. Amei seu espaço novo, ficou lindo!
    Obrigado por nos convidar e estrear aqui na sua casa novo.
    Boa sorte e sucesso sempre!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida, ainda estamos fazendo ajustes, fico feliz que gostou, ;)
      Sucesso para nós, bjss,

      Excluir
  2. Amei... com certeza a maternidade vem de um jeito diferente para cada uma de nós, mas uma coisa todas temos em comum: o amor pelos nossos pequenos. bjos
    Raquel
    www.eudonadecasa.com.br

    ResponderExcluir
  3. Amei o novo espaço! Adorei participar! Já acompanhava o Blog antes e me senti honrada! Obrigada por nos convidar! Abraços
    www.20minutospratudo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ariane, eu que fico muito feliz de saber que vc acompanha!
      bjss,

      Excluir

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger