Como escolher um bom médico?!

A escolha do médico nem sempre é uma tarefa simples, principalmente quando se busca um ginecologista, obstetra e pediatra.


Bom gente, resolvi escrever sobre esse assunto, porque recebo muitos relatos sobre atendimentos médicos, que, sinceramente, fico preocupada, claro que a grande maioria é muito competente e sabe o que faz, mas alguns casos são realmente preocupantes. Por isso, coloco algumas dicas para tentar escolher um bom médico, claro, que baseada na minha visão de paciente e por toda a experiência que vivo por aqui no Da Fertilidade à Maternidade.

Independente da especialidade, seja pediatra, ginecologista, obstetra, endocrinologista, ..., acho que as características fundamentais são: interesse em você/no seu filho/no seu problema, ser pró-ativo, não ficar achando tudo normal, sem pedir exames para ter certeza que realmente é normal, se mostrar paciente para responder suas dúvidas e dar explicações. Outra coisa, a meu ver, muito importante é o médico se manter atualizado, principalmente com os ginecologistas, o que tenho visto com os relatos por aqui é muita desinformação, má vontade e, até, frieza de alguns profissionais, principalmente quando o assunto é infertilidade. Sei que não deve ser fácil a profissão, mas é possível dar um tratamento mais humanizado aos pacientes.

Se você é treinante, além dos pontos que citei acima, algumas dicas que já indicam uma boa escolha para o ginecologista:

- quando vc diz que quer engravidar, ele pede vários exames pré-gestacionais, te indica tomar ácido fólico, te orienta quanto ao período fértil, e já marca um retorno para avaliar seus exames;

- faz uma avaliação hormonal, a partir dos exames pedidos, e já avalia se vc ovula regularmente e se todas suas taxas hormonais estão ok;

- se vc tiver qualquer problema já procura tratar, acompanhar e/ou encaminhar para o especialista adequado.

- orienta que seu marido também precisa fazer um espermograma.

- estando tudo bem com vocês e, conforme sua idade, estipula uma prazo para vcs 'tentarem' por algum tempo e, caso você não engravide, pede que retorne para reavaliar. 


Se você está grávida algumas dicas que podem indicar uma boa escolha do obstetra:

- quando vc chega com o exame positivo, já te dá várias orientações sobre o pré-natal, como deve se alimentar, o que pode e o que não pode (remédios, exercícios, hábitos, alimentação, ...);

- se mostra disponível para atender qualquer problema, não só em horário comercial e com consulta marcada. Você estando grávida, tem que ter como contatar seu médico quando necessário, sem falar que o bebê, por conta própria, não marca hora para nascer, né amiga?!


Se vc é mãe algumas dicas que indicam um bom pediatra:

- o médico te dá todas as orientações, dá explicações sobre os procedimento, crescimento, acompanhamento;

- é atencioso com a criança;

- se mostra disponível para atender em caso de urgência, pediatra que não dá o número do celular eu, sinceramente, não sinto segurança para cuidar da minha filha. 

- nesse quesito ainda, se tiver urgência vc consegue um encaixe para que ele examine seu filho(a), muitas mães fazem questão de ser atendidas no horário marcado, mas se vc pensar que quando o seu filho precisa o médico te atende, qual o problema de esperar se no dia que seu filho está em uma consulta de rotina e tem uma criança com febre alta?! Eu não me importo.

- acerta nos dignósticos e se for precisa indica que se consulta o especialista adequado à necessidade.

Está é apenas a visão de uma paciente e mãe, mas acho que são dicas que podem ajudar se você ainda não escolheu seu médico.

Uma última observação, eu sempre acho que a escolha do ginecologista, obstetra e pediatra é algo muito pessoal, depende muito das nossas vivências, expectativas  e requisitos. Então talvez, o médico que sua mãe ou melhor amiga adora, vc vai detestar, enfim, crie seus próprios critérios e se for preciso consulte mais de um até escolher o que vc achar mais adequado. :)

Alê Nunes
Blog Da Fertilidade à Maternidade

P.S.: Gostou do post, então compartilha :), mas se for copiar cite a fonte, com link e a autora. É mais justo com quem pesquisa e escreve sobre o assunto para tentar ajudar. Obrigada, Alê

* As informações disponíveis são meramente informativas, os comentários respostas são informações leigas e não substituem a Consulta Médica!
Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger