Placenta Prévia

Você fez uma ultrassonografia e seu médico te dá a seguinte noticia: "A placenta do seu nenem está mais baixa do que o normal! Isso se chama placenta prévia".
Logo você fica em desespero! Nunca ouviu falar sobre isso, não sabe o que é e nem o que pode acontecer! E agora? Meu bebe vai ficar bem? Minha placenta vai descolar? Poderei ter parto normal?

Placenta prévia
Calma, hoje aqui no blog Da Fertilidade à Maternidade, Dr. Bruno Jacob te explica um pouco sobre essa condição pouco conhecida pelas mulheres.
Primeiramente vamos entender mais sobre a placenta!
Ela é órgão (sim! Um órgão, como o fígado ou o baço) vascular, que une o feto à parede do útero, permitindo a passagem de nutrientes e oxigênio ao sangue fetal!
Placenta prévia

O ideal é que ela esteja fixa no fundo do útero, caso ela esteja inserida em um local mais baixo ela é chamada de placenta prévia!
Existem vários tipos de placenta prévia, que variam da relação entre a margem da placenta com o orifício interno do colo do útero:
  • A placenta de inserção baixa: A borda inferior da placenta dista cinco centímetros ou menos do colo uterino.
  • Placenta prévia marginal: O extremo inferior da placenta chega a encostar na abertura do colo do útero, mas não o fecha
  • Placenta prévia subtotal: A placenta cobre parcialmente a abertura do colo do útero.
  • Placenta prévia total: A placenta cobre completamente a abertura do colo do útero.
É raro doutor?
É mais comum do que se imagina!
Estatísticas apontam para 150mil casos de placenta prévia ao ano!
O diagnóstico é feito com o exame de ultrassonografia, lembrando que no início da gravidez é comum a placenta estar mais baixa, conforme o útero aumenta ela vai subindo e se afastando do orifício interno do colo, caso um ultrassom de 36 semanas mostre placenta prévia aí sim o diagnóstico está fechado!

E por que isso acontece?
O por que ainda não está claro, mas sabe-se que existem fatores de risco para isso acontecer:
  • Ter tido placenta prévia em outra gestação.
  • Ter tido uma ou mais cesarianas.
  • Ter sido submetida a alguma cirurgia uterina, como a retirada de algum mioma.
  • Ter uma grávida de gêmeos ou mais bebês.
  • Ser fumante ou usuária de cocaína.
  • Multiparidade (muitos filhos)
  • Idade materna avançada.
E quais os riscos?
Nos casos de placenta prévia, principalmente total e subtotal, ha um risco de descolamento de suas margens, por isso a paciente deve estar atenta para todo sangramento que houver durante sua gestação! O ideal é manter repouso e evitar stress, em caso de sangramento abundante a paciente deve ser internada para monitorizar tanto ela quanto o feto!
Além disso, sabe-se que a placenta prévia total contra-indica o parto normal, uma vez que por estar recobrindo todo o orifício do colo uterino o nene não passa! É como se fosse uma barreira mecânica que impede o parto normal! Por isso nesses casos o ideal é o parto cesárea! 

Dica: Se você tiver diagnóstico de placenta prévia SEMPRE avise todos os médicos e enfermeiras do pronto-socorro! Eles podem preferir não realizar o exame de toque!

Tenha sempre um bom acompanhamento do pré natal! Só assim condições como essa podem ser melhorar controladas!

Por Dr. Bruno Jacob 
CRM167047
Formado pela Faculdade de Medicina São Camilo, residência em Ginecologia e Obstetrícia! Foi presidente da Liga Acadêmica da Saúde da Mulher!
Atende em consultório e grandes maternidades de São Paulo.
Atualmente possui um projeto nas redes sociais para levar informação às mulheres, conheça:
www.facebook.com/drbrunojacob
www.instagram.com/drbrunojacob

Blog Da Fertilidade à Maternidade

P.S.: Gostou do post, então compartilha :), mas se for copiar cite a fonte, com link e a autora. É mais justo com quem pesquisa e escreve sobre o assunto para tentar ajudar. Obrigada, Alê

* As informações disponíveis são meramente informativas, os comentários respostas são informações leigas e não substituem a Consulta Médica!
Comentários pelo Facebook
4 Comentários pelo Blogger

4 comentários:

  1. Muito interessanteo post, com informações claras. Beijos
    --
    * Blog: decidisermamae.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Nossa eu não sabia que isso era a placenta prévia achei o post muito legal!!!
    --
    www.maesapaixonadas.com

    ResponderExcluir
  3. Amei seu blog

    camila
    contato@pequetuxo.com.br
    http://www.pequetuxo.com.br

    ResponderExcluir

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger