Dúvida sobre indutor de ovulação?!

Fiz um apanhado de perguntas e respostas sobre o indutor de ovulação, acho que pode ajudar bastante, lembrando sempre que não recomendo o uso sem indicação e acompanhamento médico. 


1- O que é indutor de ovulação? Quando é indicado?
O indutor de ovulação é uma medicação para estimular a ovulação da mulher, podendo ser a base de citrato de clomifeno, ex. Clomid, Indux, Serophene, Dufine, ou a base de gonadotrofinas - FSH e LH, ex. Gonal, Menopur
Citrato de Clomifeno é o tipo de indução mais leve, indicado para casos de problemas ovulatórios mais simples.

Gonadotrofinas é um tipo de indução utilizado em casos de procedimentos de fertilização(FIV, ICSI, IA) e em casos de SOPs mais severos, em que a paciente não responde ao tratamento com citrato de clomifeno e metformina.

As perguntas e respostas abaixo se referem a indução com Citrato de Clomífeno especificamente:


2- Quais os efeitos do indutor? 
Os sintomas variam de mulher pra mulher e de ciclo pra ciclo, os mais comuns são, dores/desconforto abdominal, inchaço, dores nos seios, gases, dor de cabeça, enjôo, azia, calores, espinhas(oleosidade da pele), atraso menstrual, corrimento escuro (em pouca quantidade) e pequenas tonturas, ou seja, os mesmos que se tem na fase pré-menstrual ou no início de uma gravidez.

Com indutor o ciclo também pode ficar um pouco mais longo, até uns 5 dias, e o fluxo tende a ser menor e mais escuro. Em alguns casos também o ciclo pode ficar mais curto, entre 2 e 4 dias.

3- O indutor altera o muco cervical? Por quê não percebo o muco com indutor?
Seus efeitos antiestrogênicos podem influenciar negativamente o endométrio e muco cervical. Ele pode fazer com que o muco diminua bastante, muitas vezes se tornando imperceptível, e fazendo com que ele sofra alterações durante todo o ciclo.

Nos 1os ciclos geralmente se nota alterações significativas, principalmente se havia problemas de anovulação, como muco elástico junto ou logo após a monstra, muco leitoso/pastoso, antes e pós período fértil.

4- Como posso saber meu Período Fértil usando indutor?
O ideal quando se usa indução é fazer o controle de ovulação com ultra-sonografia seriada transvaginal, até que os folículos atinjam um tamanho ideal (em sincronia com o endométrio – que é o tecido que reveste o interior do útero, onde ocorre a implantação do embrião)

Como nem sempre os médicos solicitam o controle com US seriada, o que particularmente acho errado, é muito importante o controle de ovulação, até para saber se teve efeito ou se tem risco de hiperestímulo, mas uma dica pra saber o Período Fértil é:

- depois que se toma o último comprimido a ovulação deve ocorrer entre o 4 a 7, às vezes um pouquinho mais até 12 dias. É bom namorar regularmente durante todo o ciclo, e intensificar nesse período.

5- O que é ultrassonografia(US) seriada?
São ecografias(ultrassom) transvaginais feitas no período fértil, geralmente com 1 ou 2 dias de intervalo, conforme o médico indica, pela evolução dos folículos. A 1a ultra é indicada pelo médico, conforme o ciclo da paciente.

6- O que é um folículo dominante?
Um folículo é considerado dominante quando atinge 10mm ou mais, o que ocorre, em média, a partir do 10o dia do ciclo, mas pode variar conforme o tamanho do ciclo.

7- Qual o tamanho certo de rompimento dos folículos e do endométrio para que ocorra a ovulação?
Os folículos crescem, em média, 2mm dia e rompem entre 19 e 23mm, sem indutor. Com indutor essa faixa aumenta até 29mm, podendo atingir até um pouco mais, 35 ou 37mm.

O endométrio cresce em média 1 a 2mm dia e deve atingir entre 7 e 15mm para que haja ovulação. Também é importante que o endométrio esteja trilaminar no período da ovulação, ou seja, esteja com 3 camadas.

Isso significa:
Ovulação = folículo(s) c/tamanho de rompimento + espessura do endométrio suficiente

8- Como posso ter certeza que houve ovulação?
Se houver ovulação no ultrassom deve ser visível o corpo lúteo, que é como uma cicatriz da ovulação. Além do controle com US seriada, é importante fazer uma dosagem de progesterona a partir do 21o dia do ciclo, pois nem sempre o folículo eclode um óvulo, o que não é diferenciado apenas com a US seriada.

9- O indutor faz efeito logo no 1o ciclo?
Nem sempre, geralmente a resposta ovariana ocorre após o 2o ciclo de indução, por isso sendo indicado um tratamento de 3 ciclos.

10- Tenho chances de engravidar logo no primeiro mês de tratamento, se demora alguns meses para conseguir?
Sim, mas na maioria das vezes a partir do 2o ou 3o ciclo. Depende muito do problema que se tem, se for apenas ovulação, as chances de gravidez são boas com até 6 ciclos de indutor.

11- Com a indução da ovulação fica mais difícil dos óvulos fecundados se fixarem, correndo maior risco de aborto, é verdade isso?
O que acontece é que, com o uso prolongado do indutor, o endométrio tende a ficar mais fino, o que então pode causar o problema da fixação ao útero, mas mesmo assim é uma coisa que pode acontecer, não é regra, e existem outras medicações, a base de estradiol e/ou progesterona, que podem ser administradas junto com o indutor para tentar evitar que isso não aconteça.

Por isso, é muito importante tomar só sobre prescrição e acompanhamento médico e fazer o controle com US seriada para avaliação e acompanhamento.

 
12- Por que alguns médicos indicam tomar no 2o e 3o dia do ciclo outros a partir do 5o?
Pelo que minha médica explicou, isso é meio como uma preferência/prática do médico, tem uns que indicam a partir do 2o, outros do 3o, outros do 5o, tipo, indicam assim pra todas as pacientes. Mas a grande diferença, que vejo, é que quando se toma antes a tendência é ovular antes, pois quando se toma o último comprimido a ovulação ocorre entre 4 a 12 dias.

Outra coisa que descobri quando comecei a me tratar com uma especialista, é que quando se toma 2 comprimidos dia (100mg), deve-se tomar os comprimidos com uma diferença de 12 hs e não os dois juntos, pois assim tem um efeito melhor. 

13- Posso tomar indutor de ovulação por conta própria?
Nunca! O indutor deve sempre ser tomado com prescrição e acompanhamento médico, pois assim como pode ajudar, pode prejudicar, pode gerar cistos, disfunções hormonais, trombose, hiperestímulo, podendo levar até a perda do ovário em casos extremos, e até câncer de ovário. 

O médico prescreve a dosagem e a forma de uso baseado no histórico médico da paciente, não é porque serviu pra uma pessoa que o mesmo tratamento serve para outra.

14- O indutor pode deixar a minha fase lútea(=pós-ovulação) mais longa?
Pode, entre 1 a 2 dias, mas não é regra. Fase lútea é a fase do ciclo pós ovulação até a chegada da menstruação. 


15 - O indutor pode influenciar no resultado do exame de farmácia ou do beta HCG?
Não, apenas medicações a base de HCG tem esse efeito, o que não é o caso do indutor de ovulação. 


16 - Indutor engorda?
Não, o indutor pode aumentar a retenção de líquidos como qualquer medicação a base de hormônios, claro que o apetite com o uso também pode aumentar, então não é o medicamento que engorda e sim nós que estamos propensas a comer mais e reter mais líquidos. Uma boa dica pra evitar a retenção de líquidos é tomar água de coco. 


17 - Depois do tratamento com indutor meu ciclo pode desregular?
Sim, assim como quando paramos o AC(anticoncepcional), é normal desregular após o tratamento com indutor, pois ele também é a base de hormônios. 


18 - Com indutor é normal ter muitos folículos? Posso engravidar de gêmeos/trigêmeos/múltiplos?
Sim, com o estímulo do indutor, é normal se ter vários folículos dominantes, o que geralmente ocorre é que um evolui e eclode(rompe e libera o óvulo) e os demais acabam regredindo. 


A gravidez múltipla pode ocorrer com o uso do indutor, mas não é comum. 
As chances de múltiplos aumentam entre 5 a 8%, principalmente para mulheres que ovulam sem medicação.

19 - Quando devo namorar?
O período fértil com indutor ocorre, após tomar o último comprimido, entre 4 a 12 dias, então o ideal é manter treinos regulares durante o ciclo, pelo menos 3x por semana, e intensificar durante o período fértil para dia sim, dia não. 


20 - Mesmo tendo tomado indutor posso não menstruar?
Pode, o indutor também age como um regulador hormonal, mas se não ocorrer a ovulação, ocorrer um cisto ou o endométrio estiver muito fino a menstruação pode não descer. E claro se vc engravidar a menstruação tb não virá.
Nesse caso o melhor é procurar o médico e fazer um beta, se der negativo, fazer um ultrassom transvaginal e um exame de progesterona, para confirmar se houve ovulação e verificar o que está acontecendo.


21 - Posso usar indutor por mais de 6 ciclos? 
Não é indicado, pois aumentam as chances de cistos, hiperestímulo(quando há folículos/cistos demais no ovário), trombose e até de câncer de ovário. Se foram feitos mais de 3 ciclos e não houve ovulação, mesmo com o aumento da dosagem (indicada pelo médico), então o melhor é trocar a forma de indução, pois o citrato de clomífeno mostra-se sem efeito. É importante avaliar se houve ovulação, se houve ovulação nos 3/6 ciclos e não houve gravidez, sinal que é preciso investigar outros fatores, que o problema não é, ou não é só ovulatório. Se não houve ovulação, ou houve pouca resposta ovariana, então precisa-se avaliar a dosagem, se mesmo com uma dosagem maior não houver ovulação, outras formas de indução devem ser avaliadas, pois o citrato de clomifeno não está resolvendo.

22 - Qual a diferença entre o Clomid, Indux, Serophene e Dufine?
O princípio ativo é o mesmo, o citrato de clomífeno, o que varia é o nome comercial, o laboratório e o preço, mas o efeito é o mesmo. O Indux é o mais em conta e o Serophene o mais caro.

22 - O indutor melhora a qualidade do óvulo?
Não, o que age diretamente melhorando a qualidade do óvulo é o ácido fólico e outros complementos vitamínicos.
Na verdade o indutor pode até diminuir um pouco a qualidade, quando usado em alguém que ovula normalmente, 2o a opinião de alguns especialistas que tive contato, pois são hormônios artificiais, que forçam o organismo a agir. Então o conselho é que, se vc ovula normalmente, quanto menos medicação melhor, pois o organismo sabe a hora e o ponto de maturação certo para que ocorra a ovulação.

23- Tomei indutor mas só tenho um folículo dominante e agora?
O que importa para conseguir engravidar é ter um folículo dominante que evolua e ecloda (qndo o folículo rompe), gerando um óvulo, claro que as chances são maiores quando se tem vários, mas às vezes tem-se vários de baixa qualidade, então é muito melhor ter um de boa/ótima qualidade. No 1o ciclo do tratamento é normal ter poucos folículos também.

24- O indutor altera a temperatura basal?
Não, pois o indutor não altera a progesterona. Ou seja, vc pode usar o método da temperatura basal normalmente, pois o indutor não influencia nas taxas de progesterona, q é o que marca a temperatura basal.

25- Quais são os riscos de má formação e de problemas de saúde para as crianças nascidas por tratamento de infertilidade/indução?
O tratamento da infertilidade/indução não provoca riscos de saúde as crianças e má formação. A incidência de malformações em crianças nascidas por tratamentos seguidos de indução da ovulação é a mesma que na população normal, ou seja, não aumenta em nada as chances.

26- Mesmo tomando indutor posso não ovular?
Sim, mesmo tomando indutor você pode não ter ovulação, por isso tb é importante um controle de ovulação. É mais comum acontecer no 1o ciclo ou em casos de anovulação mais crônicos e de ovários policísticos.

27- O indutor pode atrasar meu ciclo e eu não estar grávida?
Sim, o indutor pode alongar o ciclo em média em 2 a 5 dias. Se passar disso pode ser que vc não tenha ovulado ou o indutor tenha gerado algum cisto ou o endométrio tenha afinado muito.

28- E o que eu faço se minha menstruação atrasar mais que 5 dias?
Procure o médico e faça um beta quantitativo. O médico, se o beta for negativo, irá pedir um exame de progesterona e um ultrassom, para avaliar o que houve.

29- Tenho cólicas muito fortes, é normal?
O indutor deixa o útero e os ovários muito sensíveis, além de causar muitas contrações do útero o que pode gerar cólicas bem fortes. Se vc estiver com muitas dores antes ou no período fértil e não tiver fazendo controle de ovulação procure o médico, pois pode seu uma hiperovulação, o que pode ser bem sério.

30- Indutor de ovulação para homem?
Sim, o indutor de ovulação pode ser indicado para tratar problemas de fertilidade do homem, aumentando a produção de espermatozóides.

Escrito em Março/2009, atualizado freqüentemente.
Autora: Alessandra Nunes

Bjs, 
Alê
Blog Da Fertilidade à Maternidade

P.S.:  Gostou do post, então compartilha :), mas se for copiar cite a fonte, com link e a autora. É mais justo com quem pesquisa e escreve sobre o assunto para tentar ajudar. Obrigada, Alê

Fontes de pesquisa: http://www.e-familynet.com/phpbb/aqui-vp594549.htmlhttp://www.e-familynet.com/pages.php/PT/000/citrato.htmhttp://www.fertilidadeonline.com.br/latam_brazil/treatment/Female_Treatments/index.jsphttp://www.procriar.med.br/reprod_inducao.asp .
Comentários pelo Facebook
3 Comentários pelo Blogger

3 comentários:

  1. oi alê!!
    desculpa a demora.. mas agora já deixei o trabalho vou ter + tempo!
    amei por aqui tá mt bonito!
    boa semana, bjs pra vc e pra Geovana!

    ResponderExcluir
  2. adorei as resposta tirei um pouco das minhas duvidas
    obrigado

    ResponderExcluir

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger