Prisão de Ventre em Bebês e Crianças!

Você já deve ter ouvido várias pessoas dizerem que estão ou que tem prisão de ventre. Mas saiba que as crianças e os bebês também sofrem de prisão de ventre  e  é muito normal você ver crianças se queixando desse problema ou até mesmo você reparar o problema no seu bebê. A prisão de ventre também é conhecida como constipação intestinal. Ela nada mais é do que a dificuldade que a criança ou a pessoa tem para conseguir evacuar. Essa prisão pode se prolongar por até alguns dias.


A boa notícia para as mães é que é muito difícil de um bebê ter prisão de ventre; mas isso não quer dizer que ele não vai ter. O normal é o bebê fazer cocô cerca de 10 vezes por dia até as primeiras seis semanas de vida. Depois disso a quantidade diminui e ele passa a fazer de 2 a 5 cocôs por dia.


Os bebês que mamam no peito, têm uma melhor evacuação e raramente terão prisão de ventre. O importante não é a quantidade de vezes que ele fará cocô, mas sim a consistência das fezes; se elas estiverem moles, não se preocupe, mesmo que ele fique vários dias sem evacuar.


Mas para que você fique mais tranquila o ideal é que você pergunte ao seu pediatra qual a frequência normal do funcionamento num bebê e como você deve proceder para evitar que ele tenha este tipo de problema. Saiba também que se você amamenta determinados tipos de alimentos que você ingere podem contribuir para o aparecimento da prisão de ventre no seu bebê.


Quando o bebê começar a ingerir alimentos sólidos, a cor e o aspecto das fezes irão mudar, assim como a frequência da evacuação, que pode ser de até uma vez por dia. É claro que se o bebê ficar vários dias sem evacuar e quando o fizer, tiver dificuldades, é sinal de que ele está com constipação.


E se ele apresentar prisão de ventre existe várias técnicas caseiras que podem te ajudar a resolver esse incômodo problema. Se ele tem menos de seis meses de idade, vai ser muito raro ele ter prisão de ventre já que você ainda estará amamentando, mas se acontecer você pode aumentar a frequência das mamadas para que ele se hidrate.


Pergunte ao pediatra o que  você pode dar ao seu bebê para ajuda-lo com o problema da prisão de ventre. Até um ano de idade você pode aumentar a ingestão de água entre as refeições, fazer uma dieta rica em cereais integrais ao invés dos refinados, aumentar a quantidade de frutas e verduras e acrescentar a ameixa na refeição ou no intervalo entre elas; isto obviamente se o pediatra não se opuser e sempre seguindo as orientações de introdução de alimentos que o pediatra lhe der.


O segredo é sempre manter uma dieta com muitas frutas, verduras, fibras e muita água para que ele se hidrate bem e possa fazer com que o intestino funcione sem problemas. Caso você perceba que o problema não desaparece, procure um médico para investigar quais as causas dessa prisão de ventre.

Fonte: Bigmae
Comentários pelo Facebook
2 Comentários pelo Blogger

2 comentários:

  1. Eu sofri tanto disso na infância amiga...
    quase tive que operar...

    Lá pelos 4 ou 5 aninhos...
    Era uma bebê "crescidinha"...rs...

    Boa noite querida,
    ótimas dicas como sempre!

    bjo

    ResponderExcluir
  2. Nossa Déia, não imagina que poderia ser tão crônico a ponto de ter que operar, ainda bem que não precisou.

    Obrigada por sempre estar participando e ajudando com a tua experiência aqui.

    bjoss

    ResponderExcluir

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger