Papo de Treinante: Indutor de Ovulação, quando usar?! Tem risco?!

Indutor de Ovulação é uma boa ideia? Para que é indicado? Quando é indicado? Posso tomar por conta própria? Vamos conversar um pouco sobre isso, um papo franco e sincero sobre o indutor de ovulação.


Meninas, já escrevi aqui algumas vezes sobre o indutor de ovulação via oral, à base de citrato de clomífeno (ex. indux, clomid, serophene, etc.), mas quero voltar ao assunto, principalmente porque tenho recebido muitas dúvidas e cada vez mais tenho visto mulheres querendo usar por conta própria.
Sei que, muitas vezes, ficamos muito ansiosas, não sabemos mais o que fazer e a quem recorrer para realizar o sonho de ser mãe e ouvimos alguém falar sobre como engravidou usando indutor e, isso pode soar como música, a "pílula mágica" para engravidar. Mas cuidado, não é bem assim!

O indutor de ovulação é uma medicação hormonal, à base de citrato de clomífeno, indicada para quem tem algum problema ovulatório, então se o seu problema não é na ovulação ou existe algum outro problema de fertilidade, o indutor não é uma boa ideia.

O médico vai fazer uma avaliação da fertilidade, do quadro clínico e histórico médico, para então definir o melhor tratamento. No caso do indutor, é preciso avaliar os hormônios, o útero e ovários e, alguns médicos, só após a avaliação das trompas, que faz esta indicação. E, mesmo assim, cada caso é um caso, a dosagem e a forma de tomar variam, e até medicações complementares podem ser indicadas. A dosagem usada por uma pessoa, se tomada por outra pode prejudicar à fertilidade, ao invés de ajudar.

Para casos de ovários policísticos, por exemplo, se há muitos cistos nos ovários, não é indicado o uso do indutor via oral, pois eles podem piorar o quadro, ou se faz necessário 1o limpar os ovários para então iniciar o tratamento. Em alguns casos tb, pode ser indicado junto com outras medicações. Para quem tem Síndrome de Ovários Policísticos (SOPs), muitas vezes o indutor à base de citrato de clomífeno não tem efeito ou, como coloquei, só piora o quadro.

Outro exemplo em que o indutor pode não ser uma boa, é quando a reserva de óvulos da mulher está baixa, ou seja, a menopausa pode acontecer a médio ou curto prazo.

Alguns médicos indicam o indutor para tentar aumentar as chances de uma gravidez, mesmo sem a mulher ter problemas de ovulação comprovados. A meu ver, algo que tem sido bem comum, pode ser uma opção, desde que tenham sido feitos exames hormonais, ultrassom, avaliação da reserva ovariana (principalmente se a mulher tem mais de 35 anos) e uma avaliação detalhada da fertilidade, para que se tenha segurança para esta indicação, e mesmo assim, ainda acho muito importante uma acompanhamento da ovulação, de preferência com ultrassom. Com isso, é possível avaliar o efeito e a reação do organismo da mulher durante o ciclo.

Mas afinal, se usar o indutor por conta ou de forma incorreta, que riscos você corre? 
Alguns problemas que podem acontecer são: 
- disfunção hormonal, ou seja, bagunçar os hormônios e o ciclo menstrual, por um ou vários ciclos. 
- afinar demais o endométrio, o que pode deixar você sem ovular e sem menstruar por um longo tempo, no meu caso fiquei 90 dias.
- gerar cistos, que também podem fazer ficar sem menstruar.
- causar hiperestímulo dos ovários, são formados muitos folículos, de forma exagerada, inchando muito os ovários, em casos mais extremos, podendo levar até a perda do ovário.

Existem vários outros, não tão comuns como os que citei acima, mas se você ler a bula, com certeza, vai se assustar.

Então amiga, aceite o meu conselho, nunca se auto-medique, não vale arriscar sua fertilidade. O que você pode achar que vai resolver, pode simplesmente te impedir de engravidar!  Então pense bem! E se vc tem dúvidas converse com seu médico, ou até ouça uma 2a opinião se vc ficar insegura.

Alê Nunes
Blog Da Fertilidade à Maternidade


Aqui tem outros posts sobre o assunto que talvez você também goste:

Dúvida sobre indutor de ovulação?!

Controle de Ovulação com Ultrassom Seriado (Ovulograma): Entenda como funciona!

Como saber se estou ovulando?! Métodos de Controle de Ovulação!

Indutor o uso indiscrimidado pode ser um grande risco!!!

P.S.: Gostou do post, então compartilha :), mas se for copiar cite a fonte, com link e a autora. É mais justo com quem pesquisa e escreve sobre o assunto para tentar ajudar. Obrigada, Alê

* As informações disponíveis são meramente informativas, os comentários respostas são informações leigas e não substituem a Consulta Médica!
Comentários pelo Facebook
3 Comentários pelo Blogger

3 comentários:

  1. Tomei o Clomid por 2 meses, por conta própria. Resultado: um cisto no ovário direito. Um folículo que não rompe e muita expectativa de melhoras.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ale, tudo bem?

    Minha médica receitou o Serophene, no dia certinho veio minha menstruação, mas ela veio com uma cor marrom escuro, preto e com uns coagulos... você já ouviu falar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, td bem! Sim, aconteceu comigo esse ciclo tb, é que o indutor mexe bastante com o endométrio, camada que envolve o útero e pode causar essas alterações de quantidade e cor no fluxo. bjs, Alê

      Excluir

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger