Trânsito é a principal causa de morte de crianças por acidentes no Brasil!

Infelizmente é muito comum ver crianças soltas no carro, sendo transportadas no colo de um adulto ou mesmo com o cinto de segurança sem a cadeirinha de carro apropriada para crianças. As pessoas sempre tem aquele pensamento "ah, é aqui perto!" ou "não tem perigo!". Tem perigo sim, tanto, que dados da ONG Criança Segura, apontam que quase 90%, veja bem, 90% das mortes de crianças em acidentes de trânsito poderiam ser evitadas se houvesse o uso da cadeirinha!
Bebê Conforto, cadeirinha, assento de elevação



A campanha Maio Amarelo é um movimento mundial, que tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre segurança no trânsito. E aproveitando esse movimento, vamos enfatizar a atenção dos pais e responsáveis sobre a segurança no trânsito com crianças.

Uma única vez, pode afetar a vida da sua família para sempre, será que vale o risco? Vale arriscar a vida do seu filho?! Claro que não, tenho certeza que qualquer pai, que pensar um pouco nas consequências, vai ter essa consciência!

A Lei da Cadeirinha, que regulamenta o uso desses dispositivos de segurança infantil em veículos, deve ser respeitada, não é mais uma lei burocrática, é uma lei que pode salvar a vida do seu filho, sobrinho, neto, afilhado!

Vamos fazer a nossa parte, mudar essa realidade e cuidar bem das nossas crianças no trânsito!

Então vamos a algumas dicas e informações sobre as cadeirinhas e sua utilização, conforme orientação do Inmetro:
Grupo 0
Segurança no trânsito
  • Grupo de massa 0: de 0 kg até 10 kg, altura aproximada de 0,72m, até 9 meses (usa o bebê-conforto)
  • Grupo de massa 0+: de 0 kg até 13 kg, altura aproximada de 0,80m, até 1 ano (usa o bebê-conforto ou cadeirinha)
  • Grupo de massa 1: de 9 kg até 18 kg, altura aproximada de 1m, até dois anos e oito meses (usa cadeirinha)
  • Grupo de massa 2: de 15 kg a 25 kg, altura aproximada de 1,15m, até cinco anos (usa cadeirinha)
  • Grupo de massa 3: de 22 kg a 36 kg, altura aproximada 1,30m, até 10 anos (usa cadeirinha ou assento de elevação).
Dicas importantes:
  • é fundamental seguir as instruções de uso e instalar corretamente a cadeirinha.
  • compre somente cadeirinhas que possuam o selo do Inmetro.
  • escolha a cadeirinha de acordo com as orientação de uso acima, verificando peso, idade e altura. E faça a troca quando a criança mudar de grupo.
  • nunca deixe o cinto de segurança passar no pescoço da criança, deve sempre ficar na altura do ombro.
Consciência mamães e papais!

Alê Nunes
Blog Da Fertilidade à Maternidade
Fontes de Pesquisa: Inmetro, Criança Segura e Tutty Baby

P.S.: Gostou do post, então compartilha :), mas se for copiar cite a fonte, com link e a autora. É mais justo com quem pesquisa e escreve sobre o assunto para tentar ajudar. Obrigada, Alê

* As informações disponíveis são meramente informativas, os comentários respostas são informações leigas e não substituem a Consulta Médica!
Comentários pelo Facebook
15 Comentários pelo Blogger

15 comentários:

  1. Ótimas informações!Bia já não usa mais assento e confesso que sentia mais segurança quando ela usava, não sei, parecia proteger melhor!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Rafa tá no grupo 2.to precisando comprar um booster. A cadeirinha dele já está desatualizada pra ele. Bj

    ResponderExcluir
  3. Muito inportante mesmo essas dicas. Eu mesma ja fiz um post sobre isso. Acho super valido.

    ResponderExcluir
  4. Incrível como, nos dias de hoje, com tanta informação, as pessoas ainda transportam crianças sem esses cuidados! Muito boas as orientações!
    Bj
    Juliana Carreras
    www.mamaerobo.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Alê, que ótimo post. Eu não sabia da campanha Maio Amarelo e é um assunto muito importante. É fundamental usar o cinto e a cadeirinha adequada.
    Vou compartilhar o post na minha Fan Page agora.
    beijos
    Chris

    ResponderExcluir
  6. Ótimas dicas, devemos ficar atentos sempre ;)

    ResponderExcluir
  7. Nossa, não sabia que crianças de até 10 anos precisam de cadeirinhas ou assento de elevação. Sabia da obrigatoriedade até uma idade menor.

    ResponderExcluir
  8. Ótima matéria e dicas muito importantes! Mari está no grupo 2 e esrou sempre atenta a peso e tamango e está certinha a cadeirinha dela. bj

    ResponderExcluir
  9. Cadeirinha tem que ser item obrigatório e não um acessório, muitas crianças perdem a vida por negligência de adultos. Ótimo post.
    @nossasaogemeos.

    ResponderExcluir
  10. O Gabriel está no grupo 2 Ale, não sabia que tinha que usar a cadeira ate 10 anos.
    Bom saber.
    Beijos
    Mari
    Vamosmamaes

    ResponderExcluir
  11. Aqui em casa só na cadeirinha pra qualquer lugar! @caroleassinhazinhas

    ResponderExcluir
  12. Informações muito importantes, tem muita gente que acha que a cadeirinha já pode ser dispensada após os 6 anos.

    Bjus
    Jacky
    @blogmaternidadesemfrescura

    ResponderExcluir
  13. Por aqui geralmente é tranquilo o uso da cadeirinha. Mas as vezes pisquila tem umns momentos de estress, e ai haja convera. Mas tudo se resolve, e ela entende que deve ficar la. É questão de segurança!!!

    Beijos Mila!!! (@mundodamae)

    ResponderExcluir
  14. Infelizmente 😢, essa semana aconteceu uma tragédia na minha cidade as pessoas não conscientiza..

    ResponderExcluir

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger