Eu, ela e a Amamentação!

Nessa Semana Mundial da Amamentação (SMAM) resolvi falar um pouquinho da minha experiência.
Infelizmente, percebi que quase não tirei fotos amamentando, mesmo tendo amamentado a minha filha até os dois anos e meio.

Enfim, fiz esse pequeno vídeo (abaixo) com as poucas que tinha e acho que pelas fotos inicias e pelas últimas vcs percebem como a minha fisionomia mudou. No início, não foi fácil, pelo menos para mim não foi, dor, incômodo, cansaço, até conseguir aprender a pega correta e aprender a pedir ajuda, foi muito complicado.

Aquele serzinho dependendo única e exclusivamente de mim. Para eu dormir, comer, fazer um xixi o bebê ia junto, sempre junto, eu brinco que era como um 3o braço. Gente, antes que me crucifiquem, é uma forma de tentar descrever como eu me senti naqueles 1os meses. Mesmo tendo alguma ajuda da minha família, os 1os dias foram como se só eu e ela existíssemos. 

Com certeza devem ter muitas mães que não tiveram dificuldade e que podem relatar que foi tudo lindo e perfeito, mas a minha experiência não foi. Além da dificuldade de adaptação inicial, a revolução hormonal, eu tive depressão pós-parto, o que, digamos, potencializou muito tudo isso e tudo isso também potencializou muito a depressão.

Mas 3 meses depois, amamentar para mim foi tudo de bom! Curti muito e não foi fácil decidir desmamá-la.

Ah, foi amamentação prolongada, 2 anos e meio, mas, infelizmente não foi exclusiva. Minha filha mamava no peito e tomava complemento e ao contrário do que achei, ela não largou o peito por causa da mamadeira.

Porque eu dei complemento? Não dei, deram, porque fui internada logo nos 1os dias após o parto e foi preciso. Mas não considero e não julgo nenhuma mãe que porventura não tenha amamentado.

Acho que mãe é mãe! ❤️


E como eu gosto de dizer, não seja uma mãe perfeita amiga, seja uma mãe possível! Você é humana! ❤️

Quer saber mais um pouco sobre as minha dores e delícias com a amamentação?

Dá uma olhada nesse post "Entre o Peito e a mamadeira, sim é possível!" e na nossa Seção Amamentação, que tem muitas dicas para você.

Bjs no 
❤️
Alê Nunes
Blog Da Fertilidade à Maternidade

P.S.: Gostou do post, então compartilha :), mas se for copiar cite a fonte, com link e a autora. É mais justo com quem pesquisa e escreve sobre o assunto para tentar ajudar. Obrigada, Alê

* As informações disponíveis são meramente informativas, os comentários respostas são informações leigas e não substituem a Consulta Médica!

O Facebook não está avisando quando você posta comentários, então se vc quer retorno use a aba dos Comentários do Blogger ou mande por email sua dúvida. Obrigada, Alê
Comentários pelo Facebook
5 Comentários pelo Blogger

5 comentários:

  1. Oi Ale
    Muito bacana seu post, adorei!
    Hoje participei de um encontro sobre amamentação e também foi ótimo.
    No começo geralmente é mais complicado. Com meu segundo filho consegui amamentar até 1 ano e 9 meses.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo relato e pela amamentação prolongada. Com certeza fez diferença na saúde sua filha.

    ResponderExcluir
  3. A amamentação é um momento único entre mãe e filho, adorei seu relato, super sincero! Aqui amamentei os três, menos de um ano cada um. E adorei a parte que escreveu que não julga, parabéns!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Alê.
    Momento mágico, né...
    O dia mundial da amamentação é fundamental para incentivar, apoiar e ajudar a orientar as mamães, principalmente as que tiverem dificuldade...
    Suas fotos estão lindas, belas recordações...
    As vezes a gente fica tão entretida com os filhos, casa, os afazeres, que acaba esquecendo de registrar alguns momentos maravilhosos, como esse... Isso acontece comigo até hoje...rs
    Amei sua postagem.
    Bjs
    Ju

    ResponderExcluir
  5. Oi Ale
    Muito bacana e importante seu post
    Estamos no agosto dourado, todo em homenagem a amamentação e também participei de alguns eventos que reforçam este ato de amor
    Bjs

    ResponderExcluir

Para enviar sua dúvida, use os comentários pelo Blogger, não pelo Facebook, pois nesse não recebemos aviso e não temos como responder rapidamente.


HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger