Depois da gravidez Bebê, mamadas, choro... Como cuidar de si!

Por Michelle Veronese

Você se olha no espelho e.... não se reconhece! O cabelo está diferente, a pele mudou, os seios andam cada dia mais inchados e o peso ainda não voltou ao normal. As roupas da gravidez não servem mais e as outras continuam pra lá de apertadas. Ai, ser mãe tem um preço alto para a aparência. Mas sossegue, porque toda mulher passa por isso – e, com alguns cuidados, dá para encarar esse período com muita tranqüilidade.

Nas primeiras semanas após o parto, o bebê vai exigir cada minuto da sua atenção – e irá berrar alto quando não conseguir. O pequeno quer mamar a todo instante. Depois, dorme, acorda, chora. É assim o tempo inteiro, não tem para onde correr. “Daí, é absolutamente normal a mulher se descuidar um pouco nesse período, até porque o sono da criança ainda não é regular”, conta a psicóloga Fátima Bortoletti, da Universidade Federal de São Paulo.

Portanto, espere. Depois de algumas semanas, o pequeno passará a comer e dormir em horários mais ou menos regulares – e as mamães, obviamente, ganham mais um tempinho para elas. Nessas horas, porém, nada de aproveitar o sono da criança para se atolar em outras tarefas. “Muitas mulheres, em vez de descansar, aproveitam para se ocupar da casa e da família. Com isso, acabam se esquecendo delas mesmas também nessa fase”, explica a psicóloga Angélica Capellari, da Universidade Metodista de São Paulo. Essa ânsia de querer fazer tudo, nem precisa dizer, causa um desgaste gigantesco. E, segundo a especialista, lá na frente pode abrir brecha para vários problemas, inclusive a sabotagem da própria auto-estima.

É fato. Cansaço, irritação e angústia dão as caras quando a mamãe está sobrecarregada. E, sem ela perceber, vai se sentindo desanimada e pra baixo. “Essa pressão diária faz a mulher pensar que não dá conta de tudo e, com o tempo, ela fica insatisfeita consigo mesma”, explica Angélica. Esse pode ser o primeiro passo para a temida depressão pós-parto. “O problema é sério e muitas vezes está relacionado à pressão de ser mãe, mulher e profissional”, alerta Fátima.

Portanto, é bom ir com calma e não se cobrar tanto. “Assim que chegar da maternidade, comece fazendo pequenas pausas no seu papel de mãe e mulher”, sugere Angélica. Por exemplo, se o bebê dormiu e você está exausta, nada de lavar roupinhas, organizar a casa, fazer comida. Esse é o melhor momento para repousar. Peça também para o pai ou outra pessoa olhar a criança e aproveite os minutos de folga para cuidar de você. Aliás, pedir ajuda – seja do companheiro, da família, da empregada ou de uma amiga – é essencial. “É um reconhecimento de que você não é uma super-mulher e que também tem limites”, conta Fátima.

Se estiver muito cansada, controle as visitas. Acredite, ter a casa cheia de gente é um desgaste para a mãe e o bebê – sem falar que você vai perder justamente aqueles minutinhos que poderia dedicar a si mesma. E, por fim, olhe-se no espelho sem neuras. Não se sinta culpada porque decidiu cuidar do corpo, da pele, dos cabelos. Afinal, antes de ser mãe, você é mulher. E se estiver bem consigo mesma, vai cuidar ainda melhor do seu bebê.

Fonte: bebe.com.br

Quais os gastos com um bebê?!


Oi meninas, esses tempos respondi um tópico sobre o assunto e achei legal escrever sobre isso.
Bom, vou colocar a minha experiência com a Gi, se alguém achar que faltou algo por favor poste um comentário.

Tirando os gastos que já se providencia na gravidez, enxoval, móveis e decoração, vou falar dos custos com o dia-a-dia:

Mais Selinhos!!! Ganhos da Ju!


Oi gente, ganhei vários selinhos da Ju, http://cantinhodaanalulu.blogspot.com/, adorei amiga!

As Regrinhas:

1º Linkar 2 blogs:
Chris http://avidadeumatreinante.blogspot.com/

Tati, http://tati-anna.blogspot.com


2º Responder as seguintes perguntas:

Um Amor? Minha filha

Uma Cor? Branca

Um Sonho? Ver minha filha feliz sempre

Desejo? Felicidade e uma família feliz e unida

Uma Música? Sonho de Brincar - Xuxa SPB 7, hehehe

Frase? Ser mãe é tudo de bom!

Mil bjos,
Alê

Os primeiros passos!



Os primeiros passos do bebê são tão esperados como o primeiro sorriso, a primeira palavrinha e os outros marcos que comprovam que o pequeno está evoluindo. Geralmente, as crianças começam a andar entre o 11º e 14º mês. No entanto, não há regra: é preciso respeitar o tempo de seu filho e não sufocá-lo com sua ansiedade.

Entenda o que vocês podem fazer para contribuir nesse processo e conheça os cuidados que devem ser adotados para que o nenê não se machuque enquanto ensaia suas caminhadas.

Uma das muitas descobertas feitas pelo bebê no início de sua vida é que ele é capaz de sentar-se sozinho, sem qualquer tipo de apoio para suas costas. Esse é apenas o início de um processo que culminará nos primeiros passos da criança.

Após conseguir manter-se sentado, o bebê começa a se arrastar, rolar pelo chão e pode começar a engatinhar. Em uma segunda etapa - que ocorre por volta do 9º ou 10º mês de idade - ele passa a tentar ficar de pé, apoiando-se nos móveis e nas pernas das pessoas que estão por perto.

Depois de todo esse treinamento para conquistar coordenação motora e equilíbrio, a criança finalmente começa a ensaiar alguns passinhos. Pronto: é inaugurado um período em que ela passará seus dias tentando se manter firmemente em pé e andar (o que, afinal, é um processo natural do ser humano).

Prepare-se para vê-lo caindo e levantando-se diversas vezes - e tanto você quanto o pequeno se acostumarão facilmente com isso. Por medidas de segurança, é indicado proteger as quinas do móveis e as tomadas e remover tapetes que possam fazer a criança escorregar.

Finalmente, caminhando

A maioria das crianças anda por volta do 11º mês de idade. Porém, nada pode ser encarado como regra: alguns bebês demoram mais para começar a andar, outros são mais precoces; há ainda aqueles que não passam pela fase do engatinhar. Tudo varia a cada criança.

Os pais precisam ficar atentos para que sua ansiedade em ver o filhote andando não acabe por pressioná-lo (o que certamente atrapalhará o desenvolvimento da criança). Paciência e apoio é tudo do que ela precisa!

Depois de conseguir andar, o nenê faz uma outra descoberta: é possível correr! E, dos 19 aos 24 meses, ele ficará correndo de um lado ao outro, escalando móveis e pulando pelos cômodos da casa.

Porém, quando passar essa fase de empolgação, ele deixa a correria de lado (dando um pouco mais de sossego para os pais) e andar será algo tão natural que ele nem se lembrará que um dia não soube fazer isso!

Dicas valiosas

- Proteja as quinas dos móveis e as tomadas.
- Remova tapetes que possam fazer a criança escorregar ou tropeçar.
- Bloqueie o acesso às escadas (usando grades de contenção em cima e embaixo).
- Em superfícies lisas, deixe-o descalço (ele conseguirá sentir e firmar melhor os pezinhos).
- Em superfícies ásperas, o bebê deve usar sapatinhos com solas retas e antiderrapantes.
- Incentive a criança com elogios e ofereça sua ajuda.
- Dê espaço para a criança andar e não fique imediatamente atrás dela.
- Não exagere nas advertências sobre perigos e quedas (isso poderá inibi-lo).

Fonte: site Josnsons Baby

Dicas para festinha de aniversário! 1o Aniversário!

Oi meninas,

Algumas dicas que eu dou sobre a festinha de 1 ano:

- comece a se organizar uns 4 a 6 meses antes, assim você tem tempo de pesquisar preços, organizar e ir comprando/pagando aos poucos.

- para meninas, leve ela com uma roupinha mais confortável, pra que o bb possa aproveitar a festa e aí coloque o vestido na hora do parabéns, assim ela pode aproveitar e ficar linda ao mesmo tempo.

Temperatura Basal, como funciona?!


O método da temperatura basal é um método simples, que ajuda a identificar o dia da ovulação, pelo controle diário da temperatura corporal base e pode dar uma boa ajuda nas tentativas. Mas ele tem algumas regrinhas que devem ser seguidas para ser considerado um método confiável. Então vou dar uma descrição do método, tentando ser bem didática:


- comece a medir sua temperatura no primeiro dia do seu ciclo, dia que a menstruação desce, sempre em repouso completo de pelo menos 6hs, antes de levantar da cama pela manhã (não levante, de preferência já deixe o termômetro embaixo do travesseiro ou na mesinha de cabeceira).

- a forma mais precisa de medir é via vaginal, mas também pode ser via oral ou axilar. O termômetro pode ser o que vc tem em casa, digital ou não, só é importante usar sempre o mesmo, para evitar variações.

Mais Selinhos!!!

E mais selinhos p/o blog, hehehe.



Esse ganhei da Tati, http://tati-anna.blogspot.com

Regrinhas:
1. Divulgar a site de origem do selinho

2. Comentar no blog de quem te ofereceu o selinho.

3. Indicar 4 blogueiras
Vou indicar a minha lista de blogs favoritos



Esse da Gigi Rosa, http://castroerosa.blogspot.com

Regrinhas:
1º Linkar 3 blogs:
Muito difícil escolher, vou oferecer pra minha lista de blogs preferidoss!

2º Responder as seguintes perguntas:

Um Amor?
Minha filha

Uma Dor?
Melhor nem lembrar

Uma Cor?
Rosa

Um Sonho?
Conquistas pessoais

Um Desejo?
A saúde da minha filha sempre!

Uma Música?
O vento, Jota Quest

Amigo(a)?


Uma Frase?
Ser mãe é descobrir um amor incondicional!

Com a gravidez e o parto, a mulher trabalhadora, adquire direitos inerentes a sua nova condição. Conheça os seus direitos!

Com a gravidez e o parto, a mulher trabalhadora, adquire direitos inerentes a sua nova condição. Conheça os seus direitos!

Shared via AddThis

Mais Selinhos!!!

Oi gente, galhei mais selinhos olhem que lindosss:

Esse foi da amiga Fabi, http://minhavidaagorasoumae.blogspot.com

Vms as regrinhas:
1º Linkar 5 blogs:
1- Dani - Quarteto Fantástico http://www.diariodequatroamores.blogspot.com/
2- Mah_Gaucha http://noseumahistoriadeamor.blogspot.com/
3- Bruna (Bruleite) http://bruleite.e-familyblog.com
4- Titally no Blogspot http://diariodetitally.blogspot.com/
5- Greice http://realizandoumgrandesonho.blogspot.com

2º Responder as seguintes perguntas:
Um Amor? Minha família
Uma Cor? Rosa
Um Sonho? Menos violência
Desejo? A felicidade da minha filha, sempre!
Uma Música? O vento - Jota Quest
Um(a) Amigo(a)? Cris
Uma Frase? Mãe tem um amor incondicional!


Esse foi da amiga Helen, http://cheirinhodenenem.blogspot.com/

Regrinhas:
1- Exibir o selo em local de destaque.

2- Postar o link do blog que a indicou.

3- Indicar 5 blogs de sua preferência.

1- Gi Brito http://nuncatevimossempreteamamos.blogspot.com

2- Debora http://queroumavidaemmeuventre.blogspot.com/

3- Paty http://patyteotudodetudo.blogspot.com

4- Polly http://projetadaparagerar.blogspot.com/

5- Adriana http://utilidadedemae.blogspot.com/

4- Publicar as regras.

Amigas, adorei!

bjss,
Alê

10 razões para ligar para o pediatra... já!


Decidir quando um mal-estar justifica ligar para o médico de madrugada pode ser complicado. Você não quer parecer hipocondríaco, mas também não pode bobear. Se estiver preocupado, o melhor é ligar e pronto. Sempre. Não precisa nem pensar duas vezes. A idéia não é tentar resolver o problema pelo telefone, claro. Em uma emergência, seu filho vai precisar ser visto pelo médico e, se não for possível, o pediatra deve encaminhá-lo a um pronto-socorro e pedir ao colega de plantão que depois fale com ele.

Tire suas dúvidas sobre o trabalho de parto!

Na foto Eu em pleno trabalho de parto!

1. Quais os sinais do trabalho de parto?
São muitos e variam de mulher para mulher. Podem começar com dores na região lombar que se irradiam para o abdômen, deixando a barriga dura mais ou menos a cada meia hora – são as famosas contrações. Calma! O simples surgimento delas não significa que chegou a grande hora. É preciso que a mulher sinta duas contrações de 40 segundos a um minuto e meio no período de dez minutos para se ter a certeza de que o parto está mesmo para acontecer.

Os Hormônios da Reprodução

O ciclo reprodutivo normal da mulher é controlado principalmente por hormônios liberados por diversos órgãos do corpo. Na base do cérebro, a glândula hipotálamo produz um hormônio chamado hormônio liberador da gonadotrofina (GnRH). Este hormônio estimula outra glândula conhecida como hipófise, que está situada logo abaixo do hipotálamo. A hipófise libera dois importantes hormônios envolvidos com a reprodução - hormônio folículo estimulante (FSH) e hormônio luteinizante (LH). Ambos os hormônios exercem um efeito direto sobre os ovários durante o ciclo menstrual.

As quantidades de LH e FSH liberadas e suas funções específicas se alteram conforme o ciclo progride. O FSH estimula o crescimento de pequenos sacos no ovário, conhecidos como folículos. Cada folículo contém um óvulo e produz hormônios adicionais. O LH ajuda o FSH a estimular a produção desses hormônios, tanto antes como depois da ovulação. Em um determinado momento, aproximadamente na metade do ciclo menstrual, um repentino fluxo de LH e FSH causa a ruptura do folículo dominante e libera o óvulo de dentro dele. O LH é agora - neste estágio do ciclo - o hormônio mais importante, porque ele permite que o óvulo fique maduro e pronto para ser fertilizado pelo esperma.

OS OVÁRIOS

As mulheres têm dois ovários; eles estão localizados na pélvis, ao lado do útero. Suas principais funções são liberar os óvulos e produzir hormônios.

Por ocasião do nascimento os ovários contêm milhares de óvulos, cada um deles rodeado por células que evoluem para formar uma pequena vesícula cheia de líquido (folículo). Todos os meses, nas mulheres com ciclos regulares e que estão ovulando normalmente, um desses folículos aumenta até cerca de 20 mm de diâmetro, e então libera um óvulo (ovulação), o qual passa para dentro das trompas de Falópio. Aí ocorre a fertilização, antes do óvulo fertilizado (embrião) continuar até o útero para se implantar no seu revestimento (endométrio) e desenvolver a gravidez. Se nenhum óvulo for fertilizado, o endométrio será eliminado como sangue menstrual 14 dias depois da ovulação.

O ovário também produz muitos hormônios, sendo mais importantes o estrogênio e a progesterona. Os estrogênios promovem o desenvolvimento do endométrio e o o crescimento dos folículos e o desenvolvimento do endométrio, enquanto que a progesterona, que é liberada depois da ovulação, é importante na preparação do endométrio para a gravidez.

Selinho!


Oi meninas, hoje ganhei mais um selinho da amiga Titally, http://diariodetitally.blogspot.com/

Obrigadaaa amiga, adorei!!!

Vms as regrinhas:

1º Linkar 5 blogs:
1- Daphne http://www.matteodaphne.blogspot.com/
2- Juli http://meuprimeirobebe1.blogspot.com/
3- Juliana http://www.mamaejuliana.blogspot.com
4- Dani - Quarteto Fantástico http://www.diariodequatroamores.blogspot.com/
5- Fabi http://www.minhavidaagorasoumae.blogspot.com/

2º Responder as seguintes perguntas:
Um Amor? Meu maridoooo!
Uma Dor? Uma decepção q tive
Uma Cor? Branca
Um Sonho? Que meu pai se reestabeleça
Um Desejo? Quitar o ap
Uma Música? O Vento - Jota Quest
Um(a) Amigo(a)? Mê
Uma Frase? Não há conquista sem luta!

bjs,
Alê

A CRIANÇA QUE EXISTE EM VOCÊ!!!


Você já parou para observar como as crianças encaram os desafios da vida? Pode nos parecer, que elas encaram tudo com brincadeira. Não é mesmo? Mas, pare, analise com profundidade, como a brincadeira é coisa séria para elas.

Elas vão à busca do horizonte. Querem simplesmente pegar o céu com as mãos! Expressam a gostosa sensação de conquistadores do mundo. No seu imaginário, tornam-se donos do impossível!

Mala da Maternidade: o que colocar?! Quando deixar pronta?!


A mala da maternidade é algo que sempre gera dúvidas, principalmente nas mamães de 1a viagem.

Mas afinal, quando devo deixar a(s) mala(s) pronta(s)?! Como o bebê fica prontinho para nascer apartir das 35 semanas de gestação, o melhor é que a mala esteja pronta neste período, ou seja, por volta das 34 semanas. No caso, de gestação de gêmeos/trigêmeos, ..., e gestações de risco o melhor é a mala já ficar pronta após às 24 semanas.

E quais os itens deve-se colocar?!

Dúvida sobre indutor de ovulação?!

Fiz um apanhado de perguntas e respostas sobre o indutor de ovulação, acho que pode ajudar bastante, lembrando sempre que não recomendo o uso sem indicação e acompanhamento médico. 


1- O que é indutor de ovulação? Quando é indicado?
O indutor de ovulação é uma medicação para estimular a ovulação da mulher, podendo ser a base de citrato de clomifeno, ex. Clomid, Indux, Serophene, Dufine, ou a base de gonadotrofinas - FSH e LH, ex. Gonal, Menopur
Citrato de Clomifeno é o tipo de indução mais leve, indicado para casos de problemas ovulatórios mais simples.

Gonadotrofinas é um tipo de indução utilizado em casos de procedimentos de fertilização(FIV, ICSI, IA) e em casos de SOPs mais severos, em que a paciente não responde ao tratamento com citrato de clomifeno e metformina.

As perguntas e respostas abaixo se referem a indução com Citrato de Clomífeno especificamente:


2- Quais os efeitos do indutor? 

Amamentação e licença maternidade

Amamentação e licença maternidade

Posted using ShareThis

Nidação: vamos falar um pouco dessa etapa tão importante para que a gravidez aconteça!

Bom meninas, vou escrever um pouco sobre a nidação, pois muitas mulheres tem dúvidas, não sabem o que é e como ocorre.

Após a fecundação nas trompas, o óvulo fecundado (ovo) inicia um deslocamento lento para chegar até o útero. Chegando ao útero ele precisa se fixar ao útero para que a gravidez possa evoluir, esse processo de fixação chama-se nidação.

Como esse processo de deslocamento das trompas ao útero pode levar entre 4 a 15 dias, então a nidação ocorre entre nesse tempo (4 a 15 dias após a fecundação). E só após a nidação, que o corpo inicia a produção do HCG (Hormônio Coriônico Gonadotrófico), por isso é tão importante aguardar o atraso para fazer um teste de gravidez, pois antes disso o exame pode não marcar. Ou seja, não existe falso negativo, excetuando-se quando se toma medicação à base de HCG ou alguns doenças raras, pelo que sei, e sim um teste/exame feito muito cedo.

Nesse período em que o óvulo se desloca ao útero, vai acontecendo a divisão celular, essa fase é chamada de mórula. E é nessa fase que o ovo fica mais vulnerável, pois os o sistema imunológico da mãe pode considerá-lo um corpo estranho e acabar atacando-o e o expulsando espontaneamente do corpo. Isso tb pode ocorrer porque o organismo verifica que houve algum problema no processo de divisão celular, fazendo uma seleção natural, evitando que umá gestação com problemas continue.

HomeSobreAnuncieContato



Da Fertilidade à Maternidade - 2015 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger